Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Adilson ameaçado, Santos joga "decisão" contra o São Bernardo

Derrota santista neste sábado, na Vila Belmiro, pode causar a demissão do técnico Adilson Batista

Samir Carvalho, iG Santos |

AE
Torcida protestou contra Adilson Batista
A partida entre Santos e São Bernardo neste sábado, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela décima rodada do Campeonato Paulista, pode ser decisiva para a permanência do técnico Adilson Batista no comando da equipe. Isso porque, além das críticas da torcida, o treinador sofre uma pressão interna no clube, já que alguns dirigentes não estão satisfeitos com o seu trabalho.

Apesar do presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, manifestar apoio ao treinador publicamente, os dirigentes santistas estão determinados a demitir Adilson Batista em caso de tropeços contra o São Bernardo neste sábado, e diante do Cerro Porteño, do Paraguai, pela Libertadores, na próxima quarta-feira.

Adilson foi bastante cobrado nesta semana pela diretoria em uma reunião no CT Rei Pelé. Desta forma, o treinador reconhece a importância que o jogo contra o São Bernardo ganhou.

“É um jogo importante para vencer e fazer com que o torcedor vá com tudo na quarta-feira (contra o Cerro Porteño) nos apoiar, assim podemos fazer um grande jogo e vencer o Cerro também. Respeito opinião dos torcedores. A crítica construtiva a gente cresce e melhora, mas não vou deixar de acreditar no que faço ao longo dos anos”, declarou.

Na última segunda-feira em uma padaria localizada no Canal 5, na Praia do Embaré, em Santos, ponto de encontro de torcedores fanáticos do clube, foi colocada uma faixa com os dizeres: “Muito faz quem não estorva!! Fora Adilson!!”. O treinador ironizou as críticas dizendo que vencerá o jogo contra o São Bernardo, e depois tomará um café na padaria.

Sabendo do risco de demissão, Adilson mudou de ideia em relação a poupar seus principais jogadores, e o Santos jogará com força máxima neste sábado na Vila Belmiro. “Domingo um pouco chateado com a derrota, falei que poderia mesclar, conversando como o pessoal do departamento físico. Mas, é importante fazer um bom jogo contra o São Bernardo”, disse o treinador.

Sendo assim, o meia Elano, que chegou a ser poupado do treino-tático da última quarta-feira, está confirmado para o jogo. Neymar também estará em campo. Além deles, Adilson promoveu o retorno de Zé Eduardo a equipe titular e escalou o time com três atacantes.

Outra novidade no time foi a escalação do jovem Felipe Anderson, que treinou entre os titulares na última quinta-feira, mas chegou a ser substituído por Diogo. Adilson não confirmou quem sairá jogando entre os dois. Já Bruno Rodrigo e Adriano, outras novidades, foram escalados nas vagas de Edu Dracena e Rodrigo Possebon, que cumprem suspensão automática. Jonathan, recuperado de um estiramento muscular na coxa esquerda, também retorna ao time após seis rodadas.

Já o São Bernardo, décimo quinto colocado do Paulista, com duas vitórias, dois empates e cinco derrotas, pretende ficar mais longe da zona de rebaixamento e espera surpreender o Santos na Vila. Entretanto, o técnico Estevam Soares não contará com o lateral-esquerdo Kauê, que sofreu um estiramento na coxa esquerda.

FICHA TÉCNICA – SANTOS X SÃO BERNARDO

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 26/2/2011 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Milton Etsuo Ballerini (SP)
Auxiliares: João Edilson de Andrade (SP) e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva (SP)

SANTOS: Rafael, Jonathan, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Elano e Felipe Anderson (Diogo); Zé Eduardo e Neymar. Técnico: Adílson Batista.

São Bernardo: Marcelo Pitol; Guto, Leandro Camilo, Amarildo e Reinaldo; Dirceu, Willian Favoni, Lucas e Júnior Xuxa; Danielzinho e Eliomar Bombinha. Técnico: Estevam Soares.
 

Leia tudo sobre: santossão bernardocampeonato paulista 2011adilson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG