Acordo entre diretorias de Goiás e Corinthians fará Serra Dourada ser uma extensão do Pacaembu

O Corinthians jogará em casa na última partida deste Brasileirão, mesmo que Goiânia esteja mais de 900 quilômetros distante de São Paulo. Por um acordo entre as diretorias do Corinthians e do mandante Goiás, 85% dos ingressos da partida serão comercializados em São Paulo. Outros 5% serão destinados a corintianos de Goiânia e região e apenas 10% das entradas ficarão com a torcida do Goiás, totalmente desmotivada para esta partida já que a equipe está rebaixada e jogará com reservas.

Nós vamos invadir Goiânia e tenho certeza que vamos fazer uma grande festa lá, maior que a do Fluminense sendo campeão ou não, disse o presidente Andrés Sanchez, confiante em mais uma invasão corintiana de tantas na história centenária do clube. O Goiás não majorou o valor das entradas que custarão entre R$ 30, para arquibancadas e R$ 80, para as cadeiras cobertas. Mais de 36 mil corintianos devem lotar as dependências do Serra Dourada.

O artigo 22 do Regulamento Geral de Competições da CBF não determina que a maioria dos ingressos seja vendida para a torcida mandante, o que portanto não conflagra em inversão de mando. Amanhã vão falar que é inversão de mando, mas quando o Goiás jogou com o São Paulo em Brasília (última rodada do Brasileiro de 2008) ninguém falou nada e ninguém perguntou nada para o Juvenal (Juvêncio, presidente do São Paulo), disse Sanchez, que com mania de perseguição justificou como óbvia a escolha do Goiás por dar a maior carga dos ingressos para o Corinthians.

Com o Corinthians vai ser escândalo. Olha! Entregaram o jogo para o Corinthians, o estádio é do Corinthians. Mas isso é normal, o cara (Goiás) está faturando. Eles sabiam que se fosse só a torcida do Goiás lá, que está numa final de Copa Sul-Americana, ninguém ia pagar 30, 40, 50 reais para ver Corinthians e Goiás. O Goiás já está rebaixado e então nada mais justo ele vender a maioria dos ingressos para a torcida do Corinthians e ter um retorno enorme para tentar faturar e salvar o ano dele. É simplesmente isso. Não é inversão de mando, não é nada. É capaz de todo mundo colocar amanhã que é inversão de mando, que para o Corinthians deram tudo. É o tal da grandeza, é o bônus e ônus, disse Sanchez.

As entradas para os corintianos de São Paulo já estão sendo vendidas nas bilheterias do Pacaembu. As torcidas organizadas do clube já têm reservados mais de 100 ônibus para irem a Goiânia no dia da partida. Torcedores do Corinthians em Goiânia e de Brasília também se preparam a nova invasão corintiana.

O Corinthians precisa vencer o Goiás e contar com um tropeço do Fluminense contra o Guarani no Engenhão para voltar a ser campeão brasileiro cinco anos depois da última conquista. Na ocasião, no mesmo palco, o Corinthians teve dois terços do estádio tomado por seus torcedores. Caso o penta corintiano se concretize no domingo, a festa será ainda mais preta e branca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.