"Tivemos chances claras para marcar pelo menos um gol", disse o artilheiro do Porto

Na estreia da Argentina na Copa América, a Bolívia, embora tenha saído na frente, comemorou o ponto somado no empate por 1 a 1 com os anfitriões . O maior astro colombiano, entretanto, lamentou o 0 a 0 desta quarta-feira. Seu argumento são as muitas oportunidades desperdiçadas por sua seleção, que dominou o jogo.

"Tivemos chances claras para marcar pelo menos um gol. A Argentina não foi tão perigosa. O jogo foi brigado, mas, pelas situações que cada equipe teve, poderíamos ter vencido em vez de sair só com um empate. Fico um pouco triste", admitiu Falcao Garcia , um dos que mais pecou nas finalizações no segundo tempo.

O atacante do Porto , contudo, foi importante, movimentando-se, dando sequência ao toque de bola e abrindo espaço para os colegas. Falcao foi fundamental para a superioridade colombiana que quase virou gol em chance clara que Dayro Moreno, na etapa inicial, chutou para fora mesmo com o gol vazio à frente.

"Eles tiveram mais posse de bola, mas faltou profundidade. Enquanto nós estivemos bem postados e jogamos muito bem, chegando com mais perigo ao gol e criando muitas oportunidades", analisou Falcao Garcia.

O jogador colombiano, porém, prefere valorizar o ponto conquistado diante de um time bicampeão do mundo que joga em casa na Copa América. "Queríamos ganhar. Não conseguimos, mas continuamos somando pontos. E empatamos com a Argentina, uma equipe de nível", enalteceu.

Para reforçar seus elogios aos anfitriões, o atacante aposta que o país-sede, mesmo com somente dois pontos somados em duas rodadas, não será eliminado na primeira fase. "A Argentina certamente vai melhorar. Tem grandes jogadores e certamente seguirão em frente", apontou Falcao Garcia.

A Argentina tem a última chance de vencer na primeira fase nesta segunda-feira, quando enfrentará a Costa Rica em Córdoba. Já a Colômbia, líder do grupo A com quatro pontos, volta a atuar em santa Fé para confirmar a sua posição na chave - basta vencer a Bolívia no próximo domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.