Mensagens de apoio e a revelação da difícil vida familiar marcaram o sábado em que o futebol italiano parou em respeito a Morosini

Morosini em ação pelo Livorno
AFP
Morosini em ação pelo Livorno
Os principais clubes italianos divulgaram notas de pesar pela morte do meia do Livorno, Piermario Morosini , que sofreu uma parada cardíaca na partida contra o Pescara, neste sábado, pela segunda divisão do Campeonato Italiano .

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de dirigentes e jogadores do Livorno ainda estarem acompanhando os desdobramentos da tragédia em Pescara, o clube já veicula em seu site oficial uma nota para lamentar a perda de seu atleta.

"O presidente Aldo Spinelli, os jogadores, a comissão técnica e toda sociedade do Livorno expressam sua maior tristeza pela morte trágica e prematura. (...) Desde que chegou ao clube, Piermario sempre foi apreciado por suas qualidades como atleta e pessoa excepcional. Expressamos as mais sentidas condolências aos familiares", emitiu o clube, que contava com o meio-campista por empréstimo.

RELEMBRE A repercussão do caso de Fabrice Muamba
VEJA TAMBÉM: Com minidesfibrilador no coração, Muamba poderá voltar ao futebol

Os direitos do atleta estavam presos à Udinese, que também declarou seu pesar. A agremiação, que foi onde o meia começou, se disse "profundamente entristecida pela tragédia que abalou o futebol italiano" e informou que o jogador "continuará na memória como pessoa maravilhosa e profissional modelo".

Equipes que não tinham ligações profissionais com Morosini também o homenagearam. O Milan "uniu-se em tristeza" e declarou suas "mais sentidas condolências", enquanto a Inter de Milão emitiu um "abraço aos entes queridos" e solidariedade a Udinese e Livorno.

Morosini recebe atendimento ainda no gramado
Getty Images
Morosini recebe atendimento ainda no gramado

A Lazio também lamentou a morte do atleta e citou o cronograma de testes clínicos dos jogadores, mas informou que pretende deixar os exames ainda mais completos. As condolências partiram ainda dos demais clubes italianos, como Roma , Napoli e Genoa, entre outros.

Outras homenagens

As redes sociais estão repletas de homenagens e menções a Morosini. O presidente da FIFA, Joseph Blatter, publicou pelo Twitter: “Apenas lágrimas. Não há palavras para expressar o que senti quando soube da morte de Piermario Morosini”.

Morosini, à direita, com seu amigo Raffaele Schiavi:
Twitter/Reprodução
Morosini, à direita, com seu amigo Raffaele Schiavi: "‘Moro’ sempre tinha um sorriso no rosto. É como eu quero lembrar dele"
Robinho, atacante brasileiro do Milan, comentou “Nós jogadores ficamos muito tristes pela morte de um companheiro de profissão, por isso o jogo foi anulado”.
Na Espanha, o Real Madrid fez um minuto de silencio. O Barcelona anunciou que usará braçadeiras pretas em luto pelo italiano.

Problemas em família

A vida familiar de Piermario Morosini, morto neste sábado, é marcada por dificuldades e tristezas. Segundo o site Football Italia , Morosini perdeu os pais muito cedo. O jogador ainda tinha um irmão e uma irmã com deficiências físicas. Seu irmão mais novo recentemente cometeu suicídio, pulando de uma janela. As informações foram passadas por Mino Favini, chefe das equipes de base do Atalanta, onde Morosini se criou.

“Ele cresceu no Atalanta e eu o vi jogando como um menino muito jovem. Ele era um rapaz fantástico que sempre ajudava a todos. Ele vivia para sua família”, disse Favini, que considera que o jogador teve uma vida muito infeliz. Raffaele Schiavi, colega de Morosini nas categorias de base, postou uma foto do amigo, sorridente, no Twitter: “Apesar dos muitos problemas familiares que ele tinha, ‘Moro’ sempre tinha um sorriso no rosto e nunca deixou esses problemas transparecerem. É como eu quero lembrar dele. "

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.