Metade dos filiados do C13 já anunciou que vai negociar em separado, fora da concorrência da entidade

O Clube dos 13 abrirá nesta sexta-feira, às 10h de Brasília, em São Paulo, os envelopes com as propostas das emissoras de TV aberta para a exibição dos Campeonatos Brasileiros de 2012, 2013 e 2014. Dez dos 20 filiados da entidade, entretanto, já divulgaram que vão negociar diretamente com as empresas. Em entrevista ao iG , o presidente do C13, Fábio Koff, contestou a atitude. Segundo ele, os dissidentes estão querendo vender o mesmo produto duas vezes e terão que responder ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Ele se baseia no fato de que as equipes já obtiveram receitas com empréstimos bancários, dando como garantia as verbas dos direitos de televisão do Brasileiro de 2012.  O C13 preparou o edital de licitação com um valor mínimo de R$ 500 milhões e, incialmente, um ágio favorável à Rede Globo de 10% .   A pedido do Cade, retirou esse ágio depois. 

A entidade enviou a carta-convite a cinco emissoras: Globo, Record, Rede TV, Bandeirantes e SBT. A primeira, atual detentora dos direitos de transmissão, avisou que não participará por nao concordar com algumas regras (como a venda separada por mídia. A concorrência para TV fechada, pay-per-view, internet e celular será no final de março). Em contato com o IG, Record e Rede TV não informaram se vão participar. Bandeirantes e SBT não se pronunciaram. Fábio Koff não acredita que possa não receber propostas na manhã desta sexta-feira, tanto que viajou na quinta de Porto Alegre a São Paulo.

Dissidentes
O Corinthians foi o primeiro clube a manifestar descontentamento com a concorrência e avisar que negociaria separadamente. No dia 23 de fevereiro o presidente Andrés Sanchez foi até a sede do Clube dos 13 em São Paulo e avisou pessoalmente a Fábio Koff. No dia seguinte, 24, enviou um ofício ao C13 pedindo a desfiliação, que pelo estatuto da entidade só será válida em 24 de abril (dois meses depois).

Na sequência foi uma enxurrada de deserções, todas, porém, sem oficializar para o C13: os quatro grandes do Rio de Janeiro (Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense), Palmeiras e Santos, no mesmo dia (1° de março), Grêmio e Cruzeiro. Nesta quinta-feira, 10 de março, o Botafogo avisou que pretende deixar o C13.

Dissidentes Com o C13
Corinthians São Paulo
Palmeiras Internacional
Santos Atlético-MG
Flamengo Atlético-PR
Fluminense Portuguesa
Vasco Guarani
Botafogo Vitória
Cruzeiro Goiás
Grêmio Bahia
Coritiba Sport Recife

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.