Tamanho do texto

No site oficial do Guangzhou já é possível ver uma foto do ex-jogador do Fluminense com a camisa do clube campeão chinês

Conca não é mais jogador do Fluminense . O Guangzhou Evergrande, da China, anunciou o acerto com o argentino, que receberá cerca de R$ 2,5 milhões por mês num contrato de três anos e meio e passará a ser um dos jogadores mais bem pagos do mundo, neste sábado. O clube do Extremo Oriente terá ainda a opção de renovação por mais um ano.


No contrato, que foi assinado no escritório do empresário Joseph Lee, intermediário nas negociações, na capital paulista, o Fluminense exigiu uma cláusula de prioridade na repatriação do atleta, que ainda será analisada pela FIFA.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Conca, que já aparece com a camisa do seu futuro time, ao lado do magnata Liu Yongzhuo, presidente do Guangzhou, ainda deve voltar ao Rio de Janeiro na segunda-feira, quando selará a rescisão com o clube Tricolor e se despedirá dos antigos companheiros.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

O presidente Peter Siemsen quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre o assunto. Apesar de confirmar que não gostaria de perder o atleta, o mandatário tricolor disse que não podia atrapalhar os planos do meia argentino.

“É lógico que não é uma vontade nossa, muito menos uma coisa que escolhemos. Mas por tudo o que ele fez pelo Fluminense, não podemos prejudicá-lo. Se é a vontade dele, que seja feita. É uma maneira nossa de reconhecer tudo o que ele nos proporcionou. São valores impressionantes para o jogador e todas as partes envolvidas entenderam a situação”, afirmou Peter Siemsen.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.