Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cleiton Xavier visita Palmeiras e reitera vontade de voltar

Meia está atuando no Metalist, na Ucrânia, e aproveita férias para visitar amigos na Academia de Futebol

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O Palmeiras recebeu a visita de um jogador que certamente deixa saudades na sua torcida, especialmente com as seguidas lesões que Lincoln e Valdivia enfrentam. Cleiton Xavier, hoje no Metalist, da Ucrânia, aproveitou as férias e apareceu na Academia de Futebol nesta terça-feira para conversar com amigos que deixou no clube e aproveitou a ocasião para dizer que pretende, sim, voltar ao Brasil.

Em uma rápida conversa que teve com a imprensa durante o treinamento, o meia destacou o frio que enfrenta diariamente na Ucrânia e disse que já pensa em voltar a atuar no Brasil, até mesmo para ser observado mais de perto por Mano Menezes, treinador da seleção brasileira.

“Tenho contrato de mais três anos lá e é difícil eu falar que planejo a volta já. Mas tenho vontade de voltar, até porque tem a Copa do Mundo e a possibilidade de jogar o Mundial ajuda. Quero voltar a uma grande equipe. Até voltaria agora já, mas depende do time, da proposta, não só de mim. Mas até agora não tive nenhuma procura”, disse o ex-camisa 10 do Palmeiras, que falou das dificuldades de atuar na Ucrânia.

“O mais difícil foi me adaptar ao clima, entender a língua e a cultura. Eu já peguei frio de menos 20 graus Celsius atuando lá. A gente coloca pomada, faixa, plástico, mas não adianta, faz pouca diferença. Nem correr adianta muito, até para chutar a bola fica complicado. O futebol brasileiro é completamente diferente, bem mais tranquilo”, completou.

Além de Cleiton Xavier, o Metalist conta com outros três brasileiros: Taison, ex-Internacional, Edmar, que está na Ucrânia desde 2002 e teve passagens pelo Paulista de Jundiaí e pelo Internacional de Porto Alegre, e Fininho, ex-Corinthians.

Leia tudo sobre: palmeirascleiton xavier

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG