Tamanho do texto

Volante custou R$ 3,5 milhões ao São Paulo, mas não agradou e será emprestado até o fim do ano

O Atlético-PR confirmou nesta quarta-feira o acordo com o volante Cleber Santana , que estava sem espaço no São Paulo e preferiu buscar outro lugar para jogar. Por meio de um comunicado oficial, o clube curitibano anunciou que só depende dos exames médicos para assinar o contrato com o jogador.

O meio-campista passará pela bateria de testes clínicos na quinta-feira e, se aprovado, assinará o contrato em seguida. A negociação foi facilitada pelo São Paulo, que atualmente tem boa relação com o Atlético-PR e também tinha interesse em arrumar algum lugar para Cleber Santana jogar.

O clube do Morumbi, então, combinou o empréstimo do atleta até o fim do ano, arcando com o pagamento de parte dos salários. O volante estava no São Paulo desde o início de 2010, mas nunca se firmou no time titular.

Cleber Santana nunca se firmou no time titular e não vinha ficando nem no banco do São Paulo
Vipcomm
Cleber Santana nunca se firmou no time titular e não vinha ficando nem no banco do São Paulo
Na época da contratação, o presidente Juvenal Juvêncio abriu os cofres para adquirir 50% dos direitos do jogador por 1,5 milhão de euros (R$ 3,5 milhões) do Atlético de Madri. O ex-santista era um sonho antigo do mandatário e acabou virando um fiasco no clube, pois não conseguiu emplacar uma boa sequência de jogos.

Nas recentes partidas do São Paulo, Cleber Santana sequer foi relacionado pelo técnico Paulo César Carpegiani para ficar no banco de reservas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.