Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cléber Santana e ex-colega de Beckham serão testados por Leão

Campeonato Paulista servirá de teste para o veterano e para Juninho, de 22 anos, no elenco do São Paulo

Gazeta |

Divulgação/Site Oficial
Juninho será observado por Leão e quer renovar com o São Paulo para a temporada
Um laboratório. É assim que a diretoria do São Paulo define o Campeonato Paulista em relação a especificamente dois atletas: os meio-campistas Cléber Santana, que volta de empréstimo do Atlético-PR, e Juninho, companheiro do astro inglês David Beckham em dois anos no Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Leia também: Após jogar com Beckham, Juninho espera atuar pelo São Paulo em 2012

A maior expectativa é em relação a Juninho. O volante de 22 anos foi formado nas categorias de base do clube e volta do futebol norte-americano sondado não só para continuar na liga daquele país, mas também por equipes francesas, de acordo com o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

A esperança é de que ele se afirme no time de Emerson Leão. Inclusive do próprio atleta. "A diretoria está confiando em mim e o Leão é muito bom para os jovens. Estou retornando ao clube que me projetou e vou buscar minha afirmação na equipe. Espero que com títulos. Tenho que provar que meu lugar é aqui", falou o jogador.

Juninho chegou a trabalhar com Paulo César Carpegiani durante a pré-temporada em 2011, mas acabou renovando com o Galaxy, onde foi campeão nacional. "Chegar a um país sem conhecer ninguém e fazer história, virar ídolo, é muito significativo. Foram dois anos muito bons", enalteceu.

Juninho tem contrato com o time paulista até o próximo dia 31 de maio. Caso não agrade, estará livre para atuar por qualquer outro clube depois do Estadual. Já Cléber Santana tem vínculo até 31 de janeiro de 2013, mas vive uma situação de pressão ainda maior.

Sem mostrar o futebol que fez Juvenal Juvêncio gastar para tirá-lo do Atlético de Madrid há dois anos, o meio-campista passou 2011 emprestado ao Atlético-PR e acabou rebaixado no Brasileiro. Se Santana não convencer Emerson Leão, pode até ser negociado em definitivo.

Outros dois atletas se reapresentaram nessa quarta-feira já com os dias contados: o lateral esquerdo Carleto, que caiu com o América-MG e deve ser repassado a outra equipe, e o atacante Mazola, de volta do futebol japonês e próximo de acerto com algum time europeu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG