Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cláudio Caçapa lamenta dispensa do Cruzeiro

"Não esperava isso. São 14 anos como profissional e isso nunca me aconteceu", revelou o zagueiro

Gazeta |

Visivelmente abatido, o zagueiro Cláudio Caçapa conversou com a imprensa já como ex-jogador do Cruzeiro na manha desta quinta-feira. O defensor afirmou que ficou surpreso com a decisão da diretoria do time, e que não esperava ser dispensado. Caçapa declarou inclusive que não teve reação ao ser comunicado sobre o fato.

"Eu fiquei muito chateado. Decepcionado também, até porque acho que nós precisamos tratar o ser humano melhor, é lógico que não teve nada lastimável, até gosto bastante do Dimas, e de todos dentro do Cruzeiro, tive uma aceitação muito boa com todos eles. A gente fica chateado com muitas coisas, eu não esperava, até porque são 14 anos como profissional e isso nunca me aconteceu", lamentou.

O jogador acredita que as dificuldades financeiras que o Cruzeiro enfrenta tenham contribuindo para a saída dele e do volante Fabinho. O atleta revelou ainda, que mais jogadores irão sair para reduzir a folha de pagamento da equipe de Belo Horizonte.

"Eles precisavam abaixar a folha de pagamento, ia sair mais gente, resolveram começar por mim e pelo Fabinho. Outros atletas vão sair ou já saíram", afirmou.

Caçapa pretende jogar mais um ano profissionalmente e depois encerrar a carreira. O zagueiro vestiu a camisa do Cruzeiro em 35 jogos e marcou três gols, tendo contrato até o meio da temporada. Em novembro, o defensor de 34 anos sofreu uma entorse no joelho direito, o que causou uma lesão extensa no menisco medial. Devido à contusão, Caçapa não atuou na reta final do Brasileirão.

Leia tudo sobre: CruzeiroCaçapa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG