nova Roma para garantir liderança - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Classificado, Bayern pega uma nova Roma para garantir liderança

Time alemão espera repetir o placar do jogo de ida, quando venceu por 2 a 0 na Allianz Arena, pela Liga dos Campeões. Suíço Basel recebe o romeno Cluj

Gazeta Esportiva |

A quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa começa nesta terça-feira e o Grupo E terá um duelo entre os primeiros colocados às 17h45 (Brasília). O Bayern viaja ao estádio Olímpico esperando repetir o placar do jogo de ida, quando venceu a Roma por 2 a 0 na Allianz Arena. Antes que o holandês Louis van Gaal, técnico dos bávaros, se anime, o treinador Claudio Ranieri avisa que sua equipe não é mais a mesma. Já classificados, os alemães lideram a chave com 12 pontos, enquanto os italianos estão em segundo, com seis, três a mais que Cluj e Basel.

Na época da partida, em 15 de setembro, os gialorossi eram vice-lanternas do Campeonato Italiano, com um empate e uma derrota. A Roma ainda ficaria duas rodadas sem vencer antes de superar a Inter de Milão por 1 a 0. Na jornada seguinte, perdeu por 2 a 0 para o Napoli, mas, a partir da vitória por 2 a 1 sobre o Genoa, o time da capital não foi mais derrotado e já é quinto colocada na tabela, a um ponto da zona de classificação para a Champions e a sete da liderança.

"Admiro o holandês, espero um Bayern difícil, mas agora estamos em boa forma, diferentes do jogo de ida", analisou Ranieri, que tem dúvidas sobre o setor ofensivo. Marco Borriello é o artilheiro da equipe no italiano com cinco gols, Menez vem evoluindo bastante, e o comandante gialorossi ainda tem Francesco Totti e Mirko Vucinic. "Quem vou escolher para o ataque? Decido na véspera do jogo. Não posso dizer mais que isso", esquivou-se.

Para completar o otimismo de Ranieri, os volantes David Pizarro e Daniele De Rossi estão relacionados e vão para o jogo. "Tenho sorte de poder contar com meio-campistas capazes de se adaptar a várias posições", comemorou o treinador, que também chamou os brasileiros Julio Baptista, Adriano, Cicinho, Juan e Fábio Simplício para a partida.

Se tudo está tranquilo na Itália, o que acontece na Alemanha é exatamente o oposto. Além de ocupar apenas a oitava posição no Campeonato Alemão, ainda há rusgas entre diretoria e o técnico Louis van Gaal. O holandês cogitou negociar o meia Bastian Schweinsteiger e foi repreendido pela direção bávara.

O comandante ainda não vai poder contar o capitão Mark van Bommel, que se junta à lista de lesionados formada por Arjen Robben, Ivica Olic, Holger Badstuber e Miroslav Klose, além de Schweinsteiger, suspenso. Por outro lado, o zagueiro Martin Demichelis volta de lesão após uma semana fora.

O francês Franck Ribéry está relacionado, mas pode começar no banco. Há dois meses se recuperando de lesão, o meia já atuou 20 minutos na penúltima rodada contra o Nurenberg e 30 na última contra o Bayer Leverkusen. Apesar de já classificado, Van Gaal descartou usar a partida como algum tipo de teste ou experimento, mas avisou que vai ter cuidado com os jogadores que estiverem com a condição física mais defasada.

Fechando a rodada do Grupo E, o suíço Basel recebe o romeno Cluj no St. Jakob Park, também às 17h45.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG