Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Classificação à Libertadores gera disputa interna no Grêmio

Nove jogadores brigam por uma das três inscrições que o regulamento permite trocar

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

A classificação ao Grupo 2 da Libertadores abriu uma disputa interna no Grêmio. O objeto de desejo de nove jogadores é entrar na lista de inscritos à segunda fase do torneio continental. Pelo regulamento, a Conmebol permite três trocas até 48 horas antes do primeiro jogo, dia 17, contra o Oriente Petrolero, no Olímpico, em Porto Alegre – Junior de Barranquilla (Colômbia) e León de Huánuco (Peru) completam a chave.

O problema é que a concorrência ficará mais acirrada, afinal, dois jogadores contratados têm presença confirmada. O zagueiro Rodolfo, que treina há uma semana no Olímpico, e o meia Escudero, com chegada prevista para esta sexta-feira em Porto Alegre, são candidatos à titularidade no time de Renato Gaúcho. Na prática, então, há uma vaga sobrando.

Isto porque o grupo do clube gaúcho tem 35 atletas dos quais 25 foram inscritos para os confrontos com o Liverpool. Ou seja, nove sobraram: Busatto (goleiro), Saimon (zagueiro), Edilson (lateral-direito, machucado), Willian Magrão (volante), Pessalli, Mithyuê, Roberson e Danilo Rios (meias, este último afastado) e Leandro (atacante, igualmente afastado).

Quem larga na frente é o volante Willian Magrão, destaque da vitória no Gre-Nal, até pouco tempo titular. Recuperado das lesões no joelho direito e muscular na coxa direita que o atormentam desde 2009, o jogador aposta na chance para ter um ano melhor:

“Estou pronto para voltar a ser o Willian que todos conhecem”.

Renato não revelou qual a sua preferência por esta última vaga e tampouco se irá exercer o direito de trocar três atletas. Portanto, todos ainda têm chances. A não ser que a direção contrate mais algum reforço...

Leia tudo sobre: GrêmioLibertadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG