Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Clássico entre Santos e São Paulo não contará com jovens estrelas

Por conta do Sul-Americano sub-20 no Peru, jogo não terá o atacante Neymar e o meia Lucas, entre outros

Levi Guimarães e Samir Carvalho, iG São Paulo |

Embora envolva o líder e o terceiro colocado do Campeonato Paulista, o clássico entre Santos e São Paulo neste domingo antes mesmo de começar deixa a impressão de que algo está faltando. Afinal, em 2010 ambas as equipes chamaram a atenção pelo destaque das revelações vindas das categorias de base. E agora as principais entre estas jovens estrelas não estarão em campo.

A principal responsável pelos desfalques de Santos e São Paulo na partida desta tarde é a seleção brasileira sub-20. A equipe comandada pelo técnico Ney Franco no Sul-Americano da categoria - que inicia também neste domingo a fase final da competição que dá vaga nas Olimpíadas de 2012 - tem como base jogadores dos dois clubes paulistas.

Assim, um total de nove atletas não estarão à disposição dos técnicos Adilson Batista e Paulo César Carpegiani. Pelo lado santista, são eles: os laterais Danilo e Alex Sandro, o meia Alan Patrick e o atacante Neymar. E do São Paulo o zagueiro Bruno Uvini, o volante Casemiro, o meia Lucas e os atacantes Henrique e William José.

Além deles, o Santos também não conta com Paulo Henrique Ganso, que ainda está na fase final de recuperação da cirurgia pela qual passou no joelho. Do lado são-paulino, um dos jogadores mais experientes, o atacante Fernandão, admite que faz diferença enfrentar o Santos sem jogadores importantes, especialmente Neymar e Ganso.

“Faz diferença, sem dúvida. Porque com a qualidade deles, hoje faz diferença até para a seleção. Mas a equipe do Santos nos últimos jogos vem mostando bom futebol, já adquiriram uma filosofia de jogo interessante”, disse o camisa 15 são-paulino.

Do lado santista outro atleta experiente, o lateral-esquerdo Léo não acredita num jogo “pior” por causa das ausências: “o San-são não vai perder brilho pela rivalidade que existe, pelo clássico histórico que é e, além disso, pelo bom momento que as duas equipes estão vivendo”.

E se alguns jovens não estarão em campo na Arena Barueri, outro ganha sua primeira chance como titular do São Paulo em 2011. O volante Zé Vitor, que deve ser confirmado por Carpegiani, não vê nenhuma das equipes em vantagem pelos desfalques do rival.

“O São Paulo perde com Lucas, Casemiro, Uvini, Henrique, grandes jogadores. O Santos também perde com o Neymar, que é uma grande figura, o Ganso que é um craque, mas são desfalques na mesma altura. Eles não tem Ganso e Neymar, mas tem Maykon Leite, Elano. A expectativa é de ter um clássico como sempre foi o Sansão”, afirmou.

Leia tudo sobre: santossão paulocampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG