Times vão se enfrentar pela Supercopa da Espanha e meia, recém-contratado, deve entrar em campo

A partida de volta da Supercopa da Espanha entre Barcelona e Real Madrid , nesta quarta-feira no estádio Camp Nou, poderá marcar a estreia do meia Cesc Fábregas com o Barça, favorito do confronto por ter empatado em 2 a 2 no jogo de ida, disputado domingo na capital espanhola. Com esse bom resultado, os catalães estão mais perto de conquistar seu primeiro título na temporada 2011-2012.

Porém, o Barça precisam melhorar em relação à partida do domingo, na qual foi nitidamente dominado pelo Real não só no aspecto físico, como também na posse de bola, coisa que não acontecia nos últimos confrontos entre as duas equipes.

O técnico Josep Guardiola espera um jogo difícil nesta quarta-feira contra um adversário que parece estar mais em forma nesse início de temporada. "O Real foi superior fisicamente nessa noite (domingo) e ainda estará à frente neste quesito na quarta-feira", declarou o treinador após a partida de ida.

Já o time 'merengue', apesar do resultado desfavorável, deixou uma boa impressão. "Ficou claro que a equipe joga melhor do que na temporada passada", considerou Aitor Karanka, auxiliar do técnico José Mourinho.

O atacante Karim Benzema concorda que "muitas coisas mudaram" em relação aos últimos clássicos, nos quais o Real mostrou-se inferior ao arquirrival (duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória, após prorrogação, na final da Copa do Rei).

"Merecíamos a vitória e mostramos muito mais coisas que o Barça", declarou o francês nesta terça-feira. Benzema, um dos melhores em campo no domingo, espera balançar as redes na quarta-feira, já que nunca fez gol contra os 'azul-grená'.

Para o jogo de volta desse confronto pela Supercopa, Mourinho deve continuar com a mesma tática: pressionar o Barça já no seu campo de defesa e impor um desafio físico intenso.Nessa perspectiva, a única mudança na escalação do treinador português deve ser a entrada do português Fábio Coentrão no lugar do argentino Angel Di Maria, para dar mais impacto físico à sua equipe.

Já no Barça, Piqué e Busquets, que começaram no banco no domingo, devem sem titulares nesta quarta-feira.A principal expectativa gira em torno de Cesc Fábregas, de volta para o seu time formador após oito anos no Arsenal, na Inglaterra.

Durante sua apresentação à imprensa, o espanhol afirmou que se sentia "muito bem fisicamente" e "pronto para estrear já na quarta-feira".

O meia, que treinou com sua nova equipe na terça-feira, ficou feliz ao reencontrar ex-companheiros das categorias de base do Barça.

O jogo da quarta-feira parece mais indeciso do que nunca. O Barça perdeu as quatro Supercopas que disputou contra o Real. Por outro lado, o time da capital não ganha no Nou Camp desde 2007.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.