Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Clássico é o primeiro grande desafio do ano para rivais

Cruzeiro e Atlético medem forças em Sete Lagoas com 100% de aproveitamento no Campeonato Mineiro

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Divulgação
Zagueiro Leonardo Silva trocou de lado no clássico e estreia pelo Atlético
“O ano começa agora”. A frase do atacante do Cruzeiro, Thiago Ribeiro, resume bem os sentimentos de Cruzeiro e Atlético para o clássico deste sábado, às 17h, na Arena do Jacaré. As duas equipes se enfrentam com 100% de aproveitamento no Campeonato Mineiro, tendo vencido seus dois compromissos até aqui. Mas, como bem ressaltou o atacante cruzeirense, o primeiro grande desafio dos dois times na temporada é o clássico.

O Cruzeiro é o mandante da partida, por isso terá o apoio de seus torcedores na Arena do Jacaré. Por medidas de segurança, as autoridades optaram por realizar o clássico novamente com torcida única, o que já tinha acontecido no ano passado. “Queria as duas torcidas no campo, como acontece no Mineirão. Mas o estádio não comporta. Se for para evitar confusão e briga, que assim seja”, avaliou o atacante Wellington Paulista, que nunca perdeu para o rival jogando com a camisa cruzeirense.

O técnico Cuca vai mandar a campo a mesma equipe que bateu o Villa Nova, na última rodada. O time segue sem poder contar com Marquinhos Paraná e Fabrício, ambos no departamento médico. Leandro Guerreiro segue como titular. O atacante Thiago Ribeiro já mira o jogo contra o Estudiantes, na próxima quarta-feira, pela Libertadores, e espera que o time tenha aprendido com os erros do clássico do ano passado, quando saiu derrotado pelo rival por 4 a 3, em Uberlândia, pelo Campeonato Brasileiro.

“Não entramos naquele jogo como se deve entrar em um clássico. Pensamos que poderíamos vencer o jogo na hora que quiséssemos, e não foi assim. Espero que possamos aprender a lição para vencer agora. Uma vitória pode nos embalar ainda mais para a estreia da Libertadores”, afirmou o atacante, que marcou duas vezes no último encontro com o Atlético. O time de Cuca enfrentou até aqui o Uberlândia (amistoso), Caldense e Villa Nova pelo Estadual.

Já o técnico Dorival Júnior teve alguns problemas para montar sua equipe. O zagueiro e capitão Réver não se recuperou de uma contusão na panturrilha esquerda e está fora do jogo. Oportunidade para a estreia do ex-cruzeirense Leonardo Silva. “Ele já nos fez passar tanta raiva que, se ele não nos ajudar, vamos linchá-lo ali no vestiário. Sabíamos como era difícil quando ele subia na nossa área. Agora está do nosso lado e pode nos ajudar”, brincou o atacante atleticano Diego Tardelli, fazendo referência aos gols marcados por Leonardo Silva nos clássicos nos tempos em que atuava pelo Cruzeiro.

Outro que não joga é o lateral-direito Patric, que sentiu uma lesão muscular na coxa direita e dá lugar ao jovem meia Jackson, que atuará improvisado. Apesar dos desfalques e dos testes durante a semana, o técnico Dorival Júnior acredita em uma boa apresentação. ““Estou confiante, não fico lamentando as perdas. São jogadores importantes, assim como o Cruzeiro tem desfalques importantes. Mas se os profissionais estão dentro de um elenco, eles são bem próximos dos que não estarão em campo. Afirmo que o Atlético vai estar preparado fazer uma boa apresentação”, disse o treinador atleticano.  O time de Dorival Júnior enfrentou o River Plate, do Uruguai (amistoso), Funorte e Tupi pelo Campeonato Mineiro.

Ataque x Defesa
O Cruzeiro ainda não sofreu gols nesta temporada. Já o Atlético tem o segundo melhor ataque da competição, com seis gols, e vem de uma goleada de 4 a 1 sobre o Tupi. "O Atlético tem atacantes velozes e de qualidade, que dão muito trabalho. Temos que estar atentos para tentar manter essa invencibilidade da defesa", avaliou o lateral do Cruzeiro, Pablo.

Com informações de Victor Martins

Ficha técnica- CRUZEIRO X ATLÉTICO
Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 12 de fevereiro de 2010, no sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Helbert Costa Andrade

CRUZEIRO: Fábio; Pablo, Léo, Gil e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Henrique, Gilberto e Montillo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista
Técnico: Cuca

ATLÉTICO: Renan Ribeiro, Jackson, Leonardo Silva, Werley e Leandro; Zé Luís, Serginho, Renan Oliveira e Ricardinho; Magno Alves e Diego Tardelli
Técnico: Dorival Júnior
 

Leia tudo sobre: CruzeiroAtlético-MGCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG