Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

City sai na frente, United vira e garante título da Supercopa

Equipes de Manchester decidiram a Supercopa da Inglaterra neste domingo, e o time vermelho ficou com a taça ao vencer por 3 a 2

Gazeta |

Mesmo saindo à frente no marcador, o Manchester City foi derrotado pelo Manchester United por 3 a 2, na grande decisão da Supercopa da Inglaterra, realizada em Wembley, neste domingo. Nani , duas vezes, e Smalling, foram os autores dos gols dos Diabos Vermelhos na virada incrível no clássico da cidade de Manchester.

Equilíbrio. Esta é a palavra certa para definir os 30 minutos iniciais da decisão entre City e United. Com fortes marcações, os dois times não encontraram chances reais de gols no início da primeira etapa em Wembley.

A primeira grande chance do Manchester United saiu dos pés de Nani. Em cobrança de falta aos 36 minutos, o português viu seu chute passar rente à trave do estreante goleiro De Gea, substituto do aposentado Van der Sar.

A resposta do City foi imediata. Apenas um minuto depois, David Silva cobrou falta para a área adversária e Lescott, livre de marcação, teve apenas o trabalho para concluir para as redes e marcar o primeiro do Manchester City no embate. Superior após o gol, o City se manteve no ataque e, aos 45 minutos, Dzeko arriscou de longe e, na falha de De Gea, ampliou o placar para 2 a 0.

No retorno para o segundo tempo, Alex Ferguson promoveu três mudanças no United. Jones, Evans e Cleverley substituíram Ferdinand, Vidic e Carrick, respectivamente. Melhor postada em campo, a equipe dos Diabos Vermelhos passou a dominar o embate. Aos seis minutos Young cruzou para a área do City e Smalling apareceu bem para cabecear e diminuir a vantagem dos rivais no duelo, 2 a 1.

Empurrado pelo seu torcedor, o Manchester United lutou e alcançou o empate seis minutos depois. Em uma tabela espetacular na frente do gol adversário, Nani apareceu livre para encobrir o goleiro e igualar o marcador em 2 a 2 na decisão da Supercopa da Inglaterra.

Após muito insistir, o Manchester United finalmente conseguiu a tão sonhada virada. Roubando a bola no meio de campo, aos 48 minutos do segundo tempo, Nani arrancou pelo meio de campo, passou pelo goleiro Hart e chutou para marcar o gol do título dos Red Devils, confirmando a conquista da Supercopa da Inglaterra.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG