Alexis Sánchez, atacante da Udinese, está na mira do time de Manchester para a disputa da temporada 2011-12

Os diretores do Manchester City viajarão nesta segunda-feira à Itália para tentar fechar com o Udinese a contratação do atacante chileno Alexis Sánchez , pelo qual estão dispostos a pagar 34 milhões de libras (38,5 milhões de euros).

A informação está na edição dominical do jornal britânico "The Sunday Times", que garante que o chileno de 22 anos, também na mira do Barcelona, é o principal objetivo da equipe do xeque de Abu Dhabi Mansour Bin Zayed al-Nahyan para o ano que vem.

Segundo a publicação, o administrador do City, Brian Marwood dirige as negociações, que começaram com uma oferta de 22,1 milhões de libras (25 milhões de euros), proposta rejeitada pelo clube italiano e que foi melhorada substancialmente nos últimos dias.

O jornal britânico diz que o interesse demonstrado pelo Barça pelo jogador chileno é uma manobra para tentar melhorar um acordo econômico com o Villarreal cujo objetivo é Giuseppe Rossi. O "The Sunday Times" afirma que a equipe de Pep Guardiola já chegou a um acordo com o italiano e que as negociações para sua incorporação ao Camp Nou poderiam terminar nesta segunda-feira com o pagamento de uma transferência de 29,5 milhões de euros.

Este número, somado aos 20 milhões de euro que o Barça espera conseguir com a venda de vários jogadores, deixaria ser suficiente para conseguir a contratação mais esperada do clube catalão nos últimos anos, a de Cesc Fábregas, revela o "The Sunday Times". O periódico calcula em 34 milhões de libras (38,4 milhões de euros) a quantia que o Barça pagará ao Arsenal para ter Fábregas no clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.