Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ciro admite que time ficou surpreso com ausência de Marquinho

Atacante do Flu lembra que Abel usou o meia nos treinos de bolas paradas e vibra com retorno de Fred

Marcello Pires, iG Rio de Janeiroo |

Não foi só o torcedor do Fluminense que ficou surpreso com a ausência de Marquinho na derrota por 3 a 1 para o Coritiba, sábado, no Couro Pereira, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Titular ao lado de Rafael Moura, Ciro admitiu nesta segunda-feira que foi estranho não ter o camisa 7 entre os companheiros.

“Foi uma surpresa sim, pois treinamos as bolas paradas com o Marquinho durante a semana toda. Infelizmente demoramos muito para acordar no jogo e não fizemos uma boa partida. Mas como o Abel falou não podemos usar a ausência do Marquinho como desculpa”, afirmou o atacante.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

Mas não é só Marquinho que fez falta sábado, na capital paranaense. Os gols também, principalmente no final do jogo, quando o Fluminense teve, pelo menos, duas chances com Matheus Carvalho, para empatar. Mas a má pontaria dos atacantes tricolores não é de hoje

“O ataque é uma posição que temos bons jogadores, mas não estamos conseguindo fazer os gols. A volta do Fred com certeza vai nos ajudar bastante. Ele é um cara que é uma referência e que vai nos ajudar bastante a sair dessa situação”, disse Ciro.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

E não é por falta de treino e tampouco de conversa que a bola não tem entrado. Antes de a bola rolar no treino de segunda-feira, o técnico Abel reuniu todo o elenco no centro do gramado das Laranjeiras e conversou por mais de 30 minutos. Entre broncas e orientações, ficou claro que nem o treinador tem gostado do desempenho de sua equipe.

“O Abel está cobrando bastante da gente, mas o time não está encaixando como ele quer. Estamos trabalhando forte e esperamos ter uma sequência de vitórias para nos recuperar e encostar nos líderes. Temos jogadores de qualidade e tudo para reverter isso”, explicou o jogador, que preferiu não revelar o teor do papo com o treinador.

“A conversa fica só entre a gente, mas ele cobrou algumas situações que precisamos melhorar durante os jogos. Estamos errando muito”, concluiu o atacante.
 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011FluminenseMarquinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG