Com problema no menisco do joelho esquerdo, atacante Dodô será ausência mais sentida na partida contra a Ponte Preta

Neste sábado, às 16h20 (de Brasília), o Americana recebe a Ponte Preta, no Estádio Décio Vitta, para se livrar da incômoda série de quatro partidas sem vitória. Após o resultado positivo sobre o Boa Esporte, a equipe foi derrotada por Náutico, Goiás e Criciúma, além de ter empatado com a Portuguesa, o que a tirou do G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, em que hoje ocupa o oitavo lugar.

Enquanto a Ponte deve estrear o meio-campista Renato Cajá, vice-campeão paulista de 2008, o time do Americana terá cinco desfalques para encarar o segundo colocado. O principal é o atacante Dodô, devido a uma lesão no menisco do joelho esquerdo. Além do artilheiro, os atacantes Reinaldo e Charles, o lateral direito Paulo Sérgio e o volante e capitão Léo Silva também não estarão à disposição do técnico Toninho Cecílio.

Por conta dos vários desfalques, o treinador ainda não definiu o time titular: "Precisei treinar duas formações. Em uma das opções testei a entrada do Henrique, que me deixou muito satisfeito. Há grandes possibilidades de entrar em campo com essa equipe. Ainda há a possibilidade de Rafael Chorão estar em campo, o que me faria adiantar o Fumagalli para o ataque", explicou o comandante.

Apesar disso, Cecílio confia na reação diante da Ponte Preta: "Independente de quem for a campo, teremos uma equipe competitiva, pois todos os atletas têm treinado forte e vão corresponder plenamente", disse, confiando na força do elenco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.