Tamanho do texto

Jogador está afastado do clube por Felipão após disparar contra influência de empresários no elenco

Envolvido na polêmica que tem Luiz Felipe Scolari e DIS em lados opostos, Tinga acabou sendo punido pelo treinador e afastado do Palmeiras . Nesta terça-feira, em entrevista coletiva, Cicinho revelou que o meia chorou nos últimos dias por causa da confusão em que acabou envolvido sem ter nenhuma culpa.

Segundo o lateral direito palmeirense, Tinga disse aos companheiros que tudo o queria era continuar a trabalhar normalmente no seu time, poder mostrar o futebol e fazer o que tanto gosta.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias em tempo real

“O Tinga está muito chateado e chegou a chorar por causa do ocorrido. Espero que ele volte logo a treinar com a gente porque ele é um bom menino. Ele já disse que só quer mostrar o futebol e continuar no time”, revelou o camisa 2.

Nesta terça-feira, Tinga pode ter seu destino selado. Os dirigentes do Palmeiras e também do braço esportivo do grupo Sondas ficaram de se encontrar para entrarem em um acordo por causa da confusão. Felipão, no entanto, não está no Brasil e a definição pode ficar para os próximos dias.

Conheça o aplicativo Torcida Virtual e coloque o Palmeiras em 1º no ranking

A polêmica começou quando Felipão reclamou do assédio da DIS em cima do atacante Vinícius, que está perto de encerrar seu contrato e poderá assinar um pré-acordo com qualquer outro time em breve.

Além disso, a empresa também tenta convencer o Palmeiras de que o atacante que representa merece um aumento salarial. Felipão não concorda com a supervalorização do garoto, pede calma na hora das conversas e diz que ninguém vai interferir no se trabalho.