Volante diz que, logo ao chegar ao clube, ficava assustado, mas que agora já está rindo das notícias

Logo que chegou ao Palmeiras , Chico se incomodou com as notícias que estremeciam o ambiente do clube. Hoje, algum tempo depois se apresentar na Academia de Futebol, o volante afirmou que já consegue até ver graça quando lê ou ouve notícias sobre negociações ou brigas internas no clube.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

O volante afirmou ter ficado surpreso com a notícia de que Felipão tem um contrato acertado com o São Paulo, como divulgou o jornal "Estado de S. Paulo", nesta quarta-feira. Mas disse que seria normal qualquer clube ter interesse no treinador por causa de sua qualidade.

São Paulo, Palmeiras e Felipão negaram a informação.

"Já esperava que ia ser assim no Palmeiras. Só não sabia que ia ter tantos boatos. Eu já conversei com Danilo (zagueiro que hoje está na Udinese), Dinei e eles me falaram que aqui sai tudo e às vezes sai mentira. Então tem que ter cuidado com o que fala e com quem eu vou falar. Com o tempo a gente acostuma e aprende também como agir", explicou o volante.

"No começo, incomodava, mas chega uma fora que fica até engraçado. As pessoas falam tantas coisas... Fica até engraçado", disse o camisa 23.



Chico, no entanto, parece já ter aprendido a lição com Marcos, que recentemente disse que a política do clube atrapalha muito no dia a dia do futebol. Por isso, disse que quem chegar no Palmeiras tem que saber que precisará ter força o suficiente para aguentar uma pressão de torcedores, conselheiros, diretores e mídia.

"É normal. O jogador que chegar aqui vai levar um tempo para se adaptar com tudo isso. Tem a mídia, os torcedores, grandes jogadores e até mesmo um treinador tão de renome assim. É pressão", finalizou.

Para aliviar tal pressão, o Palmeiras tenta vencer o Santos neste domingo, às 18h, na Vila Belmiro, onde tem vantagem histórica nos confrontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.