Tamanho do texto

Palmeiras, contudo, precisa pagar multa de R$ 3 mil por Felipão ter ficado no vestiário contra o Botafogo

O zagueiro Chicão está liberado para reforçar o Corinthians no clássico deste domingo contra o Santos . Julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter trocado "tapas" com o palmeirense Valdivia no clássico do dia 28 de agosto. Os receberam advertência sem punição. O chileno, por estar contundido, não joga no domingo contra o Avaí.

Entre para a Torcida Virtual do Corinthians ou do Palmeiras e coloque seu clube em 1º do ranking

Chicão e Valdivia haviam sido indiciados no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva), que previa pena de uma a seis partidas de gancho, a começar pela rodada deste fim de semana.

Absolvido de punição, o capitão corintiano está confirmado pelo técnico Tite ao lado de Leandro Castán, no Pacaembu. O jogador, porém, não participou do treino desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, por ter viajado ao Rio de Janeiro para poder acompanhar o julgamento.

Siga o Twitter do iG Corinthians ou do iG Palmeiras e receba notícias do time em tempo real

“São as lições que a gente vai aprendendo. Tem muitas crianças vendo jogos nossos, então não posso fazer isso, mesmo sendo brincadeira. Muitas crianças não vão entender”, disse Chicão, após o julgamento.

Luiz Felipe Scolari, julgado por ter infringido uma punição e ter ido ao vestiário do time na derrota para o Botafogo, na primeira rodada do returno, foi absolvido, não terá de cumprir mais nenhuma partida fora do banco, mas o Palmeiras terá de pagar uma multa de R$ 3 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.