Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Chelsea vacila dentro de casa e empata com o modesto Birmingham

Time londrino decepciona sua torcida, deixa campo sob vaias e terá que decidir a vaga na próxima fase no estádio do rival

Gazeta |

O Chelsea tinha tudo para sair vitorioso do confronto diante do Birmingham, mas pecou novamente nas finalizações e decepcionou o já desgastado torcedor em Stamford Bridge. A equipe da casa apenas empatou por 1 a 1 com o clube da segunda divisão inglesa e agora precisará fazer valer o seu favoritismo no jogo de volta para não ser eliminado precocemente da Copa da Inglaterra.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Desconcentrado no início da partida, o Chelsea acabou dando espaços para que o Birmingham crescesse no jogo. Sem conseguir encaixar nenhuma jogada com qualidade, a equipe da casa acabou sendo surpreendida aos 20 minutos do primeiro tempo, quando David Murphy aproveitou a indecisão da zaga para vencer o goleiro Peter Cech e inaugurar o placar em Stamford Bridge.

Leia mais sobre futebol inglês no blog God Save the Ball

Entretanto, o revés no duelo acordou o time de André Villas-Boas, que passou a atacar e pressionar seu adversário no restante da primeira etapa. As seguidas investidas surtiram efeito aos 23 minutos, após Ramires sofrer pênalti. No entanto, Juan Mata desperdiçou a cobrança e irritou os torcedores.

Veja também: Barcleona espera que Guardiola renove já na próxima semana

Além de defender o pênalti cobrado pelo espanhol, o goleiro Colin Doyle ainda praticou duas boas defesas nos 45 minutos iniciais. O arqueiro conseguiu espalmar para longe uma falta cobrada por David Luiz e diminuiu o ângulo do atacante Daniel Sturridge em outra boa chegada dos anfitriões.

E mais: Em alta no Milan, Thiago Silva arranca elogios de Ibrahimovic

Apesar da pressão exercida, o Chelsea não voltou bem para o segundo tempo de jogo e pecou muito na criação das jogadas. Entretanto, o time contou com um lapso na defesa Birmingham para igualar o marcador em seu pior momento no jogo. O responsável pelo gol foi Sturridge, que recebeu um cruzamento primoroso de Ivanovic e não desperdiçou a chance dessa vez.

No restante do confronto, as duas equipes tiveram chances de marcar o gol que decretaria a vitória no duelo, mas as conclusões não conseguiram levar perigo a nenhum dos goleiros.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG