Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Chelsea espera superar mau momento com vitória no San Paolo

Equipe londrina vai à Itália encarar o Napoli nesta terça-feira, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões

EFE |

Sem vencer há quatro jogos, o Chelsea enfrentará o Napoli no estádio San Paolo com a intenção de superar seu mal momento e estragar o sonho da equipe italiana, que contará com o apoio de seus torcedores para buscar uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Embalada com o retorno do atacante marfinense Didier Drogba , que estava disputando a Copa da África, o Chelsea espera fazer uma boa atuação nesta terça-feira para sair de Nápoles com um bom resultado e distante da crise que ronda a equipe londrina.

Veja também: Chelsea vacila dentro de casa e empata com o modesto Birmingham

No último sábado, pela oitavas de final da Copa da Inglaterra, Drogba entrou no segundo tempo, porém, não consegui evitar o empate em 1 a 1 diante do Birmingham City, equipe da segunda divisão do Campeonato Inglês. Com a falta de vitórias, o técnico português André Villas-Boas já está ameaçado em seu cargo. Drogba substituiu Fernando Torres, que ainda não conseguiu se firmar no ataque do Chelsea.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

AP
Sturridge comemora gol de empate do Chelsea diante do Birmingham City, no último sábado
Desde que chegou ao Stamford Bridge, o jogador espanhol só marcou cinco gols, uma média muito abaixo do futebol que consagrou o atacante. Segundo a imprensa inglesa, esta partida contra o Napoli pode ser a última oportunidade para o técnico português, de 34 anos, conseguir convencer o dono do Chelsea, o magnata russo Roman Abramovich. Uma das preocupações técnicas de Vilas-Boas é a recuperação do capitão John Terry, que ainda não se recuperou de uma lesão no joelho.

E mais: Técnico do Chelsea reclama da equipe: "Não jogamos o suficiente, é um fato"

O Napoli, por sua vez, quer seguir sonhando na Liga dos Campeões e, para isso, espera transformar o San Paolo em uma verdadeira jaula de leões. Segundo o presidente da equipe italiana, Aurelio De Laurentiis, os ingleses vão "jogar 11 contra 13", já que "o público e São Gennaro, o patrono da cidade, serão determinantes".

Confira ainda: Chelsea pensa em oferecer Torres para ter Falcao, diz jornal

Independente da ajuda dos santos, parece que o Napoli já superou o mal momento que afastou a equipe dos topo da tabela do Campeonato Italiano. A goleada sobre o Fiorentina na última rodada pode comprovar esse fato. O ataque mais temido do campeonato, que passava por um momento inconstante, voltou a ser implacável, e o uruguaio Edilson Cavani também voltou a desequilibrar, marcando dois gols.

No entanto, o técnico da equipe italiana terá algumas dificuldades para escalar seu time. Aliás, o próprio Walter Mazzarri, que foi suspenso na última partida da Liga dos Campeões, não poderá estar no banco de sua equipe, assim como na partida de volta no Stamford Bridge. Apesar da ausência do zagueiro argentino Hugo Campagnaro, Mazzarri deverá repetir a formação com seu poderoso trio, formado por Lavezzi, Cavani e Hamsik.

Prováveis escalações:

NAPOLI: De Sanctis; Grava, Cannavaro, Aronica; Maggio, Gargano, Inler, Dossena; Hamsik, Lavezzi; Cavani.
CHELSEA: Cech; Ivanovic, David Luiz, Cahil, Bosingwa; Meireles, Ramires, Essien; Mata, Drogba, Strurridge.
Árbitro: Carlos Velasco Carballo (Espanha).

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG