Carpegiani terá oito desfalques, enquanto Vágner Mancini poderá escalar o veterano Belletti, já regularizado

O que não faltam são problemas para o líder São Paulo , que enfrenta o Ceará neste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O time comandado pelo técnico Paulo César Carpegiani terá nada menos do que oito desfalques para o duelo contra os nordestinos, válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. 

Siga o iG São Paulo e o autor Mário André Monteiro no Twitter

Jovem Henrique será titular no São Paulo
Vipcomm
Jovem Henrique será titular no São Paulo
De última hora, Dagoberto, com dores abdominais, e Willian José, com contusão no tornozelo esquerdo , foram vetados. Eles se juntam a Rhodolfo, Miranda, Fernandinho, Henrique Miranda, Ilsinho e Luis Fabiano, que também não jogam diante dos cearenses. Em contrapartida, Carlinhos Paraíba, que era dúvida por conta de dores no joelho, foi relacionado.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Apesar das ausências, Carpegiani manterá o esquema que deu certo na vitória do último final de semana contra o Grêmio, com dois meio-campistas mais ofensivos - Marlos e Lucas -, e com um atacante isolado. Sem Dagoberto, o jovem Henrique, convocado recentemente para jogar o Mundial sub 20 com a seleção brasileira, terá a responsabilidade de marcar gols.

Com apenas um gol tomado até aqui na competição, o São Paulo aposta na sua zaga sólida para manter os 100% de aproveitamento. Mesmo com a boa média do sistema defensivo, o treinador espera um confronto bem difícil contra o Ceará. Carpegiani se baseia no jogo de 2010 para avaliar o grau de dificuldade que a equipe terá neste domingo.

"Nós temos a missão de fazer um bom jogo, as dificuldade serão grandes, mas queremos vencer. No ano passado fomos lá e perdemos por 2 a 0, com só um zagueiro que foi o Miranda, com o Fernandinho se machucando e deixando a equipe com um a menos. Sabemos que lá vai ser muito difícil. Hoje o momento é diferente e vamos impor o nosso ritmo", disse o técnico.

A partida será a última de Lucas antes de apresentar-se à seleção brasileira que disputa a Copa América. O jovem de 18 anos promete correr bastante para deixar o time na ponta isolada da tabela. "A gente fica triste de deixar o time nesse momento. Estarei torcendo de lá e sei que eles vão fazer um bom papel aqui. Eu quero voltar com o time na liderança. Temos qualidade para isso, elenco para isso. Quero deixar o time 100%, para se distanciar mais dos adversários", comentou o camisa 7.

Belletti está à disposição de Mancini
AE
Belletti está à disposição de Mancini
Já o Ceará, que somou apenas quatro pontos no Brasileirão e ocupa as posições de baixo da tabela, tenta se recuperar da goleada sofrida diante do Atlético-GO, no Serra Dourada, na última rodada. O técnico Vagner Mancini poderá contar com o pentacampeão mundial Belletti, contratado recentemente e já liberado pela CBF para atuar. Ele deverá começar no banco de reservas, assim como Diguinho, também liberado.

Porém, o time alvinegro tem um desfalque certo e uma dúvida. Com lesão na coxa, o zagueiro Fabrício está praticamente descartado para o duelo. Enquanto isso, o volante Michel, um dos destaques da equipe na temporada, ainda sente cansaço muscular e pode ficar de fora.

“Infelizmente alguns atletas estão contundidos e não poderão atuar, mas nós tivemos uma boa semana de trabalho e quem entrar vai dar conta do recado. Precisamos dessa vitória e vamos em busca disso”, disse o comandante Vágner Mancini, ciente da importância de derrotar o líder da competição diante da sua torcida.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ X SÃO PAULO

Local : Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data : 19 de junho de 2011 (Domingo)
Horário : 16h (de Brasília)
Árbitro : Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes : Roberto Braatz (Fifa-PR) e Márcia Caetano (RO)

CEARÁ : Fernando Henrique, Diego Macedo, Erivélton, Diego Sacoman e Vicente; Eusébio (Michel), Heleno, João Marcos e Thiago Humberto; Osvaldo (Washington) e Iarley. Técnico : Vágner Mancini.

SÃO PAULO : Rogério Ceni, Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Juan; Wellington, Rodrigo Souto, Casemiro, Lucas e Marlos; Henrique. Técnico : Paulo César Carpegiani.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.