Tamanho do texto

Jeferson avisa que novos contratados terão de suar muito a camisa para ser titular em São Januário

Até onde vai o mito de que compor um bom elenco vale a pena mesmo sem estar jogando? No Vasco , a cada semana um novo reforço aparece para encher de dúvidas a cabeça do técnico Ricardo Gomes. O time que hoje vem de três goleadas seguidas terá, em breve, Leandro, Elton, Leandro Chaparro e possivelmente Diego Souza. Isso significa que alguns jogadores correm seriamente o risco de perder a posição. O apoiador Jeferson debate o assunto.

Num misto de euforia e preocupação, o jogador, um dos destaques do Vasco na temporada, fala sobre o novo grupo que está sendo formado. Mais do que isso: Jeferson avalia não apenas os reforços, mas aqueles que já estão no elenco e são potenciais candidatos a uma posição na equipe.

“É bom ter um grupo forte? É. Mas temos que suar muito a camisa. Sabemos da qualidade de quem está chegando e de quem está aqui também. O Caíco e o Enrico, por exemplo, estão muito bem. São jogadores que merecem atenção”, comentou Jeferson.

O meio-campo é um dos setores mais ameaçados. Além da iminente contratação de Diego Souza, Ricardo Gomes é simpático aos nomes mencionados por Jeferson e ao ex-cruzeirense Bernardo. Menos mal que Jeferson atravessa grande fase em São Januário, correndo menos risco de ir parar no banco de reservas.

Perguntado se a sombra de Diego Souza o assusta, Jeferson não hesitou:

“Qualquer pessoa que chegar vai ter que brigar pela posição. Por isso, meu lema é me esforçar para não ficar fora da equipe. Quero me manter para jogar a temporada toda”.