Tamanho do texto

Mesmo jogando contra o então líder da chave 5, time paraguaio fez 3 a 2 no Chile pela Copa Libertadores

O Cerro Porteño conseguiu uma virada heroica sobre o Colo Colo, no Estádio Monumental David Arellano, em Santiago, e classificou-se para as oitavas de final da Libertadores em primeiro lugar do Grupo 5, o mesmo do Santos , que terminou a fase inicial no segundo posto com os 3 a 1 sobre o Deportivo Táchira  e também avançou.

O Cerro terminou a primeira etapa do torneio com os mesmos 11 pontos dos brasileiros, mas leva vantagem no saldo de gols (5 a 3). O Colo Colo ficou em terceiro, com nove pontos, enquanto o Táchira, da Venezuela, amargou a lanterna, com apenas dois.

Fabbro, autor de dois gols, extravasa ao marcar o da classificação
EFE
Fabbro, autor de dois gols, extravasa ao marcar o da classificação

Os chilenos abriram dois gols de vantagem com 21 minutos de bola rolando, sofreram o empate aos três minutos da etapa final e estavam garantindo a classificação até os 43, quando Fabbro anotou o gol da virada paraguaia.

Pelo panorama da partida nos primeiros minutos era difícil imaginar que o Colo Colo não se classificaria. Logo aos cinco minutos, Jorquera arriscou da entrada da área e abriu o marcador. Pouco depois, Miralles deu ótimo passe para Paredes, que matou no peito e tocou por cima do goleiro para ampliar.

A reação começou aos 43 minutos do primeiro tempo, quando Fabbro recebeu pela esquerda da grande área e bateu colocado para marcar um lindo gol e recolocar o Cerro no jogo. Logo aos três do segundo tempo, Piris deixou tudo igual com um belo chute cruzado pelo lado direito da área e o jogo ficou dramático.

O Cerro Porteño passou a pressionar e o Colo Colo se segurava como podia, até que Fabbro acertou o ângulo em uma belíssima cobrança de falta e frustrou os torcedores chilenos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.