Tamanho do texto

Time conta com grupo de 26 jogadores e enfrentá combinados locais em dois jogos, um na quinta-feira e o outro no sábado

AP
Fãs pedem autógrafos e tiram fotos de John Terry no aeroporto em Kuala Kumpur
Seguindo a rotina de viagens dos grandes clubes europeus na pré-temporada, o Chelsea desembarcou nesta segunda-feira em Kuala Lumpur, capital da Malásia, onde irá realizar dois amistosos contra combinados locais na próxima quinta-feira e no próximo sábado. No aeroporto, fãs cercaram os atletas do time inglês em busca de autógrafos.

As partidas na Ásia servirão para que o técnico André Villas-Boas conheça melhor o elenco do Chelsea, que terá 26 jogadores na excursão. Anteriormente, o português já havia comandado a equipe nas vitórias sobre Portsmouth e Wycombe Wanderers, também em amistosos.

"Tenho 15 dias na Ásia e penso que preciso desses amistosos para continuar o trabalho. Provavelmente quando voltarmos, teremos uma semana corrida até o jogo (amistoso) contra o Rangers e, a partir daí, tomarei decisões para a temporada", afirmou Villas-Boas.

Depois de confirmar a contratação do goleiro Thibaut Courtois, do Gent, da Bélgica, o técnico português afirmou que o Chelsea ainda irá buscar reforços para a próxima temporada.

"É óbvio que iremos ao mercado uma vez ou outra. Não queremos montar um time pesado em número, mas temos que ver também que as competições que disputaremos poderão trazer lesões. Tivemos uma perda logo nos primeiros dias de pré-temporada", lembrou Villas-Boas, se referindo ao volante Michael Essien .

Drogba distribui autógrafos na chegada do Chelsea a Ásia
EFE
Drogba distribui autógrafos na chegada do Chelsea a Ásia