Time paulista conta com defesa de pênalti do goleiro e golaço do meia para vencer 5º jogo seguido, recorde nos pontos corridos

O São Paulo entrou em campo na tarde deste domingo com oito jogadores formados na sua base, mas foi o mais antigo atleta do grupo que liderou a equipe para a quinta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro. Com direito a defesa de pênalti, Rogério Ceni fechou o gol e deixou os atletas de linha tranquilos para marcar os dois da vitória por 2 a 0 sobre o Ceará , no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Um dos artilheiros da tarde foi Lucas, autor de um golaço que fechou o placar. Marlos fez o primeiro.

Com o resultado, o São Paulo concretiza o melhor início de um clube na competição desde a instituição dos pontos corridos como regulamento, em 2003. Com cinco vitórias em cinco jogos, o time ainda abriu quatro pontos para o vice-líder, posto agora ocupado pelo Palmeiras. Já o Ceará fica em má situação, somando apenas quatro pontos.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Na próxima rodada, o Ceará encara o Palmeiras, novamente em casa, enquanto os são-paulinos têm um teste de fogo contra o Corinthians, no Pacaembu.

null

O jogo
O Ceará iniciou a partida com tudo, não deixando o São Paulo respirar. Os lances, porém, não chegaram a dar muito trabalho para Rogério Ceni. A primeira chegada com real perigo para o goleiro tricolor foi com Osvaldo, aos 13 minutos. Ele recebeu de Thiago Humberto e bateu cruzado para boa defesa do arqueiro.

Aos 19, os visitantes quase surpreendera. Sem aparecer muito, Lucas cruzou para cabeçada de Casemiro, que parou em bela defesa de Fernando Henrique. Na sequência, Osvaldo puxou contra-ataque e foi derrubado por Xandão dentro da área. Pênalti, que o próprio atacante bateu e, mais uma vez, parou em bela defesa de Rogério.

Depois do lance, o ritmo da partida diminuiu. O Vozão passou a arriscar da entrada área e não manteve a mesma pegada na marcação. Assim, inflamados pela boa partida de Rogério, os garotos são-paulinos começaram a mostrar futebol. E não precisaram de muito para abrir o placar.

Marlos comemora o primeiro gol do São Paulo contra o Ceará
AE
Marlos comemora o primeiro gol do São Paulo contra o Ceará

Em jogada trabalhada desde o meio-campo, Wellington achou Marlos na esquerda. O atacante ganhou no corpo do zagueiro, girou, limpou para o pé esquerdo e bateu rasteiro, sem chances para Fernando Henrique, fazendo 1 a 0 aos 34 do primeiro tempo. Com a vantagem, os visitantes seguiram no mesmo ritmo, cozinhando o duelo até o intervalo.

Já no segundo tempo, um Ceará ligado veio pra cima do São Paulo. Com três minutos, Diego Macedo desceu livre pela direita e tocou para o meio. Iarley desviou fraco, Xandão afastou e o próprio Iarley brigou pela bola com Rogério. Ela sobrou para Thiago Humberto, que, sem goleiro, chutou e foi travado por Jean.

Após o lance, Paulo César Carpegiani tirou Marlos e colocou Bruno Uvini, para acertar a defesa. Mesmo assim, o Vozão seguiu em cima, e Osvaldo perdeu mais dois gols, em outras boas defesas de Rogério. Enquanto isso, Henrique, isolado na frente, tentava as jogadas e dava certo trabalho para Fernando Henrique.

E o golpe fatal tricolor veio após o atacante brigar com o zagueiro e ela ficar com Lucas, sumido até então. O garoto limpou o zagueiro, driblou o goleiro e tocou para o fundo das redes, marcando o segundo.

Mesmo com o 2 a 0, Rogério seguiu fazendo belas defesa. Aos 28, ele foi buscar no ângulo grande chute de Diguinho. O ímpeto, porém, não era mais o mesmo. Assim, o time tricolor apenas administrou a vantagem, e segurou a campanha 100% no Brasileiro.

Com vitória no Ceará, São Paulo segue 100% no Brasileirão
Milton Trajano
Com vitória no Ceará, São Paulo segue 100% no Brasileirão

FICHA TÉCNICA: CEARÁ 0 X 2 SÃO PAULO

Local : Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 19 de junho de 2011, domingo
Horário : 16h (de Brasília)
Árbitro : Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes : Roberto Braatz (PR) e Marcia Lopes Caetano (RO)
Cartões Amarelos : João Marcos (Ceará); Juan, Rodrigo Souto e Bruno Uvini (São Paulo)
Gols : Marlos, aos 34 minutos do primeiro tempo, e Lucas, aos 21 minutos do segundo tempo

CEARÁ : Fernando Henrique; Diego Macedo (Sinho), Diego Sacoman, Erivelton e Vicente; João Marcos, Heleno, Eusébio (Washington) e Thiago Humberto; Osvaldo e Iarley (Diguinho)
Técnico: Vágner Mancini

SÃO PAULO : Rogério Ceni; Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Juan; Welington, Rodrigo Souto, Casemiro (Carlinhos Paraíba) e Lucas; Marlos (Bruno Uvini) e Henrique (Rivaldo)
Técnico: Paulo César Carpegiani

*com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.