Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ceni elogia Carpegiani e rechaça dor por perder Muricy Ramalho

Agora no Fluminense, ex-treinador são paulino comemorou a quarta conquista nacional em cinco anos

Gazeta Esportiva |

Em 2010, o São Paulo viu o fim de sua boa sequência de participações no Brasileirão. De 2006 a 2008, ganhou o título. No ano passado, foi o terceiro colocado, mas brigou pelo título até a última rodada. Agora, amargou uma modesta nona colocação. A queda são-paulina coincidentemente começou a ser registrada com a saída de Muricy Ramalho do comando do time.

Agora no Fluminense, o treinador comemorou a quarta conquista nacional em cinco anos. Ainda assim, a ordem no São Paulo é evitar qualquer tipo de lamentação pela demissão do técnico no ano passado.

"O Muricy deixou o São Paulo pelo desgaste depois da perda de três edições do Campeonato Brasileiro. Foi procurar outros ares. Ano passado, ele estava na frente e não conseguiu vencer com o Palmeiras. Neste ano, tinha um grande time nas mãos e foi campeão", destacou o goleiro Rogério Ceni.

Para o ano que vem, o São Paulo será obrigado a se reconstruir. No Campeonato Brasileiro, teve uma participação modesta, na nona posição. Desta forma, perdeu a sonhada vaga na Libertadores.

Experiente, Ceni traz um voto de confiança ao trabalho no clube. "Não tenho qualquer tipo de dor por não contar mais com o Muricy, hoje em dia temos um grande comandante ao nosso lado", citou o arqueiro sobre o trabalho de Paulo César Carpegiani.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG