Goleiro chegou ao maior número de jogos seguidos pelo clube e comemorou vitória após primeiro tempo ruim

O goleiro Rogério Ceni disputou nesta quarta-feira sua 73ª partida consecutiva com a camisa do São Paulo . A longa série sem desfalcar o time é um recorde pessoal do capitão são-paulino, que valoriza o clube do Morumbi pelo feito.

"Dizem que é difícil para mais velho, mas só tive uma lesão séria na carreira. Passei pela cirurgia, e estou agora com 73 partidas seguidas, que é uma marca bacana. Isso mostra que nosso clube tem estrutura para preparar o jogador para os jogos", exaltou.

Rogério Ceni sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo em 2009, quando passou por cirurgia e ficou mais de quatro meses longe dos gramados. Mas o camisa um se recuperou e voltou a ser o dono absoluto da meta são-paulina.

Por isso, a última partida em que Rogério Ceni ficou fora da equipe foi no dia 20 de janeiro de 2010, quando acabou poupado diante do Mirassol. De lá para cá, participou de todos os compromissos do São Paulo.

Para o goleiro poder comemorar tranquilo o recorde pessoal, o São Paulo venceu o Americana, na noite desta quarta-feira, por 4 a 3, pelo Campeonato Paulista.

"Nosso time foi mal no primeiro tempo e deu espaço, mas melhorou bastante no segundo, povoando o meio. Quando os gols acontecem, a gente acha que foi uma maravilha. Mas foi uma boa vitória", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.