Temporada que teve perda do campeonato irlandês e ameaças a treinador termina com título para o Celtic

AP
Neil Lennon levanta o troféu da Copa da Escócia após temporada marcada por ameaças
Seis dias depois de ter visto o Rangers ser tricampeão nacional e ter ficado com o vice, o Celtic conquistou neste sábado o título da Copa da Escócia ao derrotar o Motherwell por 3 a 0, em decisão disputada no estádio Hampden Park, em Glasgow.

Com o triunfo, o Celtic aumentou a vantagem para o Rangers como maior vencedor do torneio, com 35 conquistas, contra 33 do maior rival. O primeiro gol da final foi marcado aos 32 minutos do primeiro tempo, em belo chute de longe do sul-coreano Ki Sung-Yueng. Na segunda etapa, Stephen Craig fez o segundo, aos 31, e Charlie Mulgrew, com um gol contra marcado nos acréscimos, fechou o placar.

Neil Lennon, treinador da equipe, terminou sua primeira temporada completa no Celtic, trazendo o primeiro título da equipe desde a Copa da Liga Escocesa de 2009. Ao longo da temporada, Lennon recebeu ameaças de morte, recebeu carta-bomba pelos correios (a bomba falhou), e chegou a ser agredido por um torcedor dos Hearts há alguns meses, à beira do gramado.

O técnico norte-irlandês declarou desejar agora o título do Campeonato Escocês, título que o Celtic perdeu neste ano para o rival Glasgow Rangers. No entanto, seu futuro no Celtic ainda não está definido. "Vou sentar-me com a diretoria em uma ou duas semanas, e veremos se vou conduzir o clube ou não", declarou Lennon.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.