Treinador citou “o pulo do sapo” e “diamante carvão” em estilo light na semana Gre-Nal

Celso Roth até riu na coletiva desta terça no Olímpico
Hector Werlang
Celso Roth até riu na coletiva desta terça no Olímpico
As duas derrotas seguidas , a queda na tabela, a proximidade com a zona do rebaixamento , enfim, não faltam motivos para preocupação no Grêmio . Celso Roth, porém, decidiu adotar um “estilo light” na semana Gre-Nal. O treinador, embora admita o momento de pressão, não quer piorar o já tenso clima no Olímpico.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Roth está preocupado com as críticas aos jogadores. Entende que é preciso, além de treiná-los, protege-los. Então, na entrevista coletiva desta terça-feira, foi engraçado ao defender o grupo. Apelou até para metáforas:

“Não tem como ficar mais pressionado do que quando eu cheguei. Chegamos na zona do rebaixamento, ou perto disso. O sapo pula quando está pressionado. O diamante nada mais é do que carvão, que pressionado virou uma pedra preciosa”.

A ironia surgiu ao comentar a importância da partida para melhorar na tabela de classificação – o Grêmio é o 16º colocado, com 18 pontos. Além de citar a demissão em 2009 do próprio Grêmio, após três derrotas para o Inter, o técnico recordou de episódio na recente passagem pelo Beira-Rio.

“É importantíssimo, mas não a última oportunidade. Pelo que o Gre-Nal representa nesta nossa aldeia querida... Ninguém quer saber o contexto, se é assim ou assado. Se estamos nos precavendo para outra competição. Eu, por exemplo, fui culpado até por ter perdido com o time B do Internacional, porque eu não fui”.

O Grêmio volta a trabalhar nesta quarta-feira. Haverá treino em dois turnos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.