Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Celso Roth define arbitragem como "ridícula" e "vergonhosa"

Técnico do Grêmio disse que faltou competência ao time para empatar com Corinthians

iG Porto Alegre |

Celso Roth endossou as críticas de jogadores e dirigentes do Grêmio após a derrota para o Corinthians, nesta quarta-feira, em São Paulo . Ao usar as palavras "ridícula" e "vergonhosa", o treinador disse que a atuação do árbitro André Luiz de Freitas Castro foi decisiva no resultado adverso de 3 a 2.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Porém, o treinador não deixou de apontar erros do seu time, que não conseguiu empatar mesmo atuando com dois jogadores a mais desde os 34 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Grêmio corre o risco de cair para a zona do rebaixamento caso Atlético-PR e Bahia vençam na rodada.

"Quando vocês (jornalistas) questionam é porque temos problemas na arbitragem. Querem que eu diga o que? O pênalti foi ridículo e os acréscimos (três minutos), também. Ele poderia ter expulsado o Alessandro, que deu um tapa no André Lima. Foi vergonhoso", esbravejou o comandante gremista.

A reclamação do Grêmio é no lance em que Emerson caiu na área aos 16 minutos do primeiro tempo. O juiz entendeu ter sido falta de Adilson. As duas expulsões, os três gols e as cinco substituições, no entendimento gremista, justificavam mais acréscimos.

Roth reclamou também da falta de tranquilidade de seus jogadores:

"Quando tivemos jogadores a mais... não tivemos a competência de empatar. Colocamos dois jogadores altos na área, mas erramos passes, cruzamentos, jogadas".

O Grêmio retorna nesta noite a Porto Alegre. No domingo, recebe o Atlético-PR, comandado por Renato Gaúcho.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011celso roth

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG