Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Celso Barros nega saída da Unimed do Flu no fim do ano

Presidente da patrocinadora diz que não se espanta mais com rumores e afirma que Rafael Sobis está perto

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

“Uma novela de 13 anos.” Foi com essa expressão que Celso Barros, presidente da patrocinadora do clube, comentou os rumores de que a negociação de Conca para o futebol da China seria o indício de que a parceria de 13 anos com o Fluminense esteja com os dias contatos. Num tom de voz irritado, o empresário disse já não se espantar toda vez que surge na imprensa notícias que dão como certo o rompimento do “casamento” entre a Unimed e o Flu.

Entre na Torcida Virtual do Flu e ajude a melhorar a colocação do time no ranking

“O contrato é renovado automaticamente no fim do ano. O nosso patrocínio é como um casamento. E eu estou bem na relação, não tenho motivos para pedir o divórcio. É a mesma história de sempre. Não muda nunca o discurso. Eu quero ver o que quem escreveu isto hoje vai falar no fim do ano?”, desafiou.

Assim como já havia dito ao iG em abril, o presidente da patrocinadora descartou qualquer possibilidade de se candidatar à presidência do clube ao fim do mandato de Peter Siemsen, em 2013.

Acompanhe o Twitter do iG Fluminense e receba notícias do seu time em tempo real

“Não me passa pela cabeça ser presidente do Fluminense. Posso garantir que não há a menor chance, apesar de me sentir honrado pela lembrança. Mas isto não faz parte do meu projeto de vida e profissional”, garantiu..

Sobre reforços, Celso Barros Barros confirmou que o mais próximo das Laranjeiras é mesmo Rafael Sobis, que já tem tudo acertado com o Fluminense e só depende da liberação do Al-Jazira para assinar contrato. Para as outras posições, o mecenas tricolor parece satisfeito.

“O Rafael Sobis está perto de acertar. Mas reafirmo que o elenco é bom e estamos a poucos pontos do líder do Brasileiro”, afirmou declarou Celso Barros
 

Leia tudo sobre: FluminenseBrasileirão 2011Celso Barrospatrocínio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG