Tamanho do texto

Time cearense confirmou boa fase, fez 2 a 0 no MT (gols de Iarley e Eusébio) e pega Águia ou Brasiliense

No início da caminhada na competição mais importante que disputará no primeiro semestre, o Ceará confirmou a boa fase e venceu o Cuiabá-MT, fora de casa, por 2 a 0, gols de Iarley e Eusébio. Com o resultado, garantiu classificação sem precisar jogar em casa e agora aguarda o vencedor do duelo entre Águia de Marabá e Brasiliense - no jogo de ida, empate por 1 a 1 .

O Ceará começou partindo ao ataque e, logo no primeiro minuto, balançou as redes. Após cobrança de escanteio de Boiadeiro, Iarley completou para o fundo do gol e inaugurou o marcador. O time da casa foi à frente em busca do empate rápido, mas o travessão impediu que o zagueiro Iury deixasse tudo igual aos 11 minutos.

Instável no fim do primeiro tempo, o Ceará voltou melhor para a segunda etapa e criou diversas chances para ampliar o resultado e garantir a vaga logo na primeira partida. Aos 31 minutos, por exemplo, o goleiro Fabiano fez grande defesa em chute forte de Vicente.

O gol decisivo aconteceu dois minutos depois: Eusébio recebeu de Geraldo após contra-ataque e, por cobertura, superou o arqueiro adversário. Minutos depois, Fabiano voltou a ser exigido e, em duas defesas consecutivas, conseguiu evitar o terceiro gol dos nordestinos.


FICHA TÉCNICA - CUIABÁ 0 X 2 CEARÁ

Local: Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá (MT)
Data: 23 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende(GO)
Assistentes: Édson Antonio de Souza e Marco Antonio de Melo (ambos de GO)
Cartões amarelos: Iarley e Geraldo (Ceará)

Gols : CEARÁ: Iarley, no primeiro minuto do primeiro tempo; e Eusébio, aos 34 minutos do segundo tempo.

CUIABÁ : Fabiano Hever; Marquinhos, Iury, Reinaldo e Natanael (Juninho); Nata (Peterson), Bogé, Jean e Edu Amparo (Moreno); Fernando e David Pezão.
Técnico: Ary Marques

CEARÁ: Fernando Henrique; Boiadeiro, Fabrício, Erivelton e Kleber; Michel, Euzébio, Geraldo e Vicente; Iarley (Fernando) e Júnior Pipoca (Washington).
Técnico: Dimas Filgueiras

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.