A decisão foi anunciada nesta segunda-feira pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol

[]A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) reconheceu nesta segunda-feira o título de Campeão Brasileiro de 1987 ao Flamengo . O clube carioca venceu o módulo verde do Nacional e se negou a disputar um quadrangular final contra os times que disputaram o módulo amarelo, que teve o Sport como vencedor.

O time pernambucano, segundo o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, continuará sendo considerado campeão brasileiro. “Foi um parecer do nosso departamento jurídico. Não altera nada em relação ao Sport. Ele também segue como vencedor do título. ”, afirmou Paiva ao iG .

Em uma reunião com a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, no final da manhã desta segunda-feira, na sede da CBF, os dirigentes da entidade anunciaram a decisão. O clube carioca havia feito um pedido formal em abril de 2010 para que o título fosse reconhecido.

O reconhecimento do título de 1987 foi anunciado pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira. A entidade irá divulgar um parecer jurídico para explicar a decisão.

O reconhecimento acontece 24 anos depois da conquista do título. Na época, Flamengo e Internacional foram campeão e vice, respectivamente, do módulo verde da Copa União, torneio organizado pelo Clube dos 13. Sport e Guarani ficaram em primeiro e segundo no amarelo. A CBF exigiu, na época, um quadrangular para a definição do título nacional.

O Clube dos 13 havia decidido antes do fim da competição que não disputaria esse quadrangular, pois a competição não havia sido organizada pela CBF. A polêmica se acentuou em 2007, depois da conquista do quinto título nacional do São Paulo, já que o clube pleiteou o recebimento da Taça das Bolinhas, que deveria ser entregue ao primeiro time que conquistasse cinco títulos nacionais.

No dia 14 de fevereiro, a Caixa Econômica Federal, dona do troféu, fez a entrega ao São Paulo. O Flamengo entrou na Justiça para que a Taça das Bolinhas não fosse entregue até a apreciação do seu pedido de reconhecimento entregue em abril do ano passado para a CBF, mas nem a liminar expedida pela Justiça impediu a cerimônia.

O Flamengo, agora, aguarda para receber a Taça das Bolinhas depois do reconhecimento do título de 1987. A expectativa é de mais polêmica pela frente. Vale lembrar que a CBF já havia reconhecido no fim do ano passado os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, que antecederam o Campeonato Brasileiro, iniciado em 1971.

A medida tornou Palmeiras e Santos os maiores campeões brasileiros, com oito títulos cada. São Paulo e Flamengo, com o reconhecimento do título de 1987, vêm em seguida, com seis.

Entregue ao São Paulo na última semana, a Taça das Bolinhas pode ir parar nas mãos de Patrícia Amorim
Milton Trajano
Entregue ao São Paulo na última semana, a Taça das Bolinhas pode ir parar nas mãos de Patrícia Amorim

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.