Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

CBF reconhece título brasileiro de 1987 conquistado pelo Flamengo

Clube agora corre atrás da Taça das Bolinhas, entregue nos últimos dias ao São Paulo pela Caixa Econômica

iG Rio de Janeiro |

Depois de eliminar o Botafogo na semifinal da Taça Guanabara, o Flamengo recebeu nesta segunda-feira mais uma grande notícia. Depois de uma reunião entre a presidente do clube, Patrícia Amorim, e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, o título brasileiro de 1987 será reconhecido oficialmente, dividido com o Sport, e assim o hexacampeonato brasileiro está legitimado pela entidade máxima do futebol brasileiro.

O reconhecimento acontece 24 anos depois da conquista do título de 1987. Na época, Flamengo e Internacional foram campeão e vice, respectivamente, do Módulo Verde da Copa União, a Série A da época. Sport e Guarani ficaram em primeiro e segundo no Amarelo e a CBF exigia um quadrangular para a definição do título nacional.

Na época, o Clube dos 13 havia decidido antes do fim da competição que não disputaria esse quadrangular, pois a competição não havia sido organizada pela CBF. A polêmica se acentuou em 2007, depois da conquista do quinto título nacional do São Paulo, já que o clube pleiteou o recebimento da Taça das Bolinhas, que deveria ser entregue ao primeiro time que conquistasse cinco títulos nacionais.

Há poucos dias, a Caixa Econômica Federal, dona do troféu, fez a entrega ao São Paulo. O Flamengo entrou na Justiça para que a Taça das Bolinhas não fosse entregue até a apreciação do seu pedido de reconhecimento entregue em abril do ano passado para a CBF, mas nem a liminar expedida pela Justiça impediu a cerimônia.

O Flamengo, agora, aguarda para receber a Taça das Bolinhas depois do reconhecimento do título de 1987. A expectativa é de mais polêmica pela frente. Vale lembrar que a CBF já havia reconhecido no fim do ano passado os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, que antecederam o Campeonato Brasileiro, iniciado em 1971.

A medida tornou Palmeiras e Santos os maiores campeões brasileiros, com oito títulos cada. São Paulo e Flamengo, com o reconhecimento do título de 1987, vêm em seguida, com seis.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG