Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Caxias ganha nos pênaltis, leva turno e está na final do Gauchão

Após empate no tempo normal com Novo Hamburgo, time da Serra ganhou por 3 a 2 no desempate

iG Porto Alegre |

Futura Press
Caxias venceu o Novo Hamburgo nos pênaltis e conquistou o primeiro turno do Gaúcho
O Caxias está na final do Gauchão. Pode ser campeão antecipado caso ganhe o segundo turno. E, de quebra, se classificou para a Copa do Brasil 2013. A trinca de prêmios é resultado da conquista da Taça Piratini, o primeiro turno estadual.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na noite desta quarta-feira, o time da Serra venceu o Novo Hamburgo nos pênaltis por 3 a 2 após empate em 1 a 1 no tempo normal – havia eliminado o Grêmio na semifinal da mesma forma. A partida foi disputada na Região Metropolitana de Porto Alegre, em uma final sem a presença da dupla Gre-Nal.

Agora, a partir do final de semana, as duas equipes se dedicam à Taça Farroupilha. No sábado, o Caxias desafia o Avenida. E, no dia seguinte, o Novo Hamburgo recebe o Cruzeiro.

Veja a classificação, os resultados e os próximos jogos do Campeonato Gaúcho

O jogo

O temporal que castigou Porto Alegre e interrompeu os treinos de Grêmio e Inter não foi suficiente para prejudicar o bom gramado do Estádio do Vale. Embora o barro na região tenha prejudicado o acesso da torcida, o clima não causou mais contratempos.

Nesse panorama, o Caxias, embalado por ter eliminado o Grêmio, começou melhor. Manteve mais posse de bola e sempre atacava em velocidade. Após uma troca de passes envolvente, Fabinho serviu Vanderlei, que desviou na saída de Eduardo Martini e abriu o placar: 1 a 0 aos 24 minutos do primeiro tempo.

O Novo Hamburgo sentiu o gol. E teve uma chance clara, porém, desperdiçada pelo zagueiro Alexandre. Ele chutou por cima na entrada da pequena área rebote do goleiro Paulo Sérgio.

Futura Press
Jogadores do Caxias comemoram título com os torcedores nesta quarta

Nem o atraso de dez minutos no reinicio do segundo tempo, motivado pela ausência de ambulância no estádio, que havia se deslocado a hospital para levar torcedor do Caxias com crise de pressão alta, tirou o brilho da decisão. Ele, porém, apagou o time da Serra.

O Novo Hamburgo foi para cima no segundo tempo. Decidido a buscar o empate, empilhou chances. Viu o goleiro Paulo Sérgio virar figura do jogo. E empatou com o centroavante Mendes, que de cabeça aparou cruzamento de Márcio Hahn. Eram 16 minutos do segundo tempo.

A partir daí, as duas equipes tentaram, mas não tiveram forças para fazer o segundo. O Novo Hamburgo foi superior, porém, não conseguiu transformar o melhor futebol em gol. Então, a decisão foi para os pênaltis. E o Caxias levou a melhor. Ganhou por 3 a 2.

O Novo Hamburgo começou batendo. Paulinho Macaíba chutou para fora. Mateus, então, repetiu o erro para o Caxias. Pedro Silva abriu o placar para o time da casa. Michel empatou. Claiton parou nas mãos de Paulo Sérgio. Umberto colocou o Caxias na frente. Marlon manteve a esperança do Novo Hamburgo. Paraná fez. Mendes chutou para fora e determinou o título do Caxias.

FICHA TÉCNICA
NOVO HAMBURGO 1  (2) X 1 (3) CAXIAS

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Data: 29 de fevereiro de 2012, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Altemir Hausmann e Marcelo Barison
Cartões amarelos: Zaqueu, André Paulino, Claiton (Novo Hamburgo) e Michel, Mateus, Fabinho (Caxias)

Gols:

Caxias: Vanderlei, aos 24 minutos do primeiro tempo

Novo Hamburgo: Mendes, aos 16 minutos do segundo tempo

NOVO HAMBURGO: Eduardo Martini; André Paulino, Alexandre e Luis Henrique; Marlon, Márcio Hahn (Pedro Silva), Pedrinho (Claiton), Zaqueu e Leandrinho (Paulinho Macaíba); Mendes e Juba. Técnico: Itamar Schulle

CAXIAS: Paulo Sérgio; Michel, Lacerda, Jean e Fabinho; Umberto, Mateus, Paraná e Wangler (Juninho); Caion (Rafael Santiago) e Vanderlei. Técnico: Paulo Porto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG