Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cavenaghi chega para tentar fazer história com camisa 9 do Inter

Torcida gaúcha se mobiliza para a chegada do atacante Fernando Cavenaghi em Porto Alegre nesta sexta

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Fernando Cavenaghi chega nesta sexta-feira em Porto Alegre. O jogador se desloca da Espanha para a América do Sul e, às 17 horas e 34 minutos, desembarca de um voo proveniente de Buenos Aires. No aeroporto, centenas de torcedores do Internacional vão o aguardar. A projeção é que um estrangeiro possa fazer história com a camisa 9 vermelha.

"Eu também estou muito ansioso em chegar e com muita vontade de vestir a camisa do Inter. Quero demonstrar em campo; fazer muitos gols e trazer muitas alegrias para a torcida", disse o jogador em entrevista ao site oficial do Internacional.

A expectativa é se um atacante estrangeiro conseguirá marcar história pelo Inter. O último não brasileiro de algum destaque no setor foi o colombiano Rentería. Ele jogou no clube entre 2005 e 2006, criou forte identificação com a torcida, mas não era nenhum craque. O jogador participou da campanha que consagrou o Inter campeão da Libertadores em 2006.

"Vou dar o máximo pela camiseta do Inter, estou muito orgulhoso com o interesse que o Inter mostrou por mim e sinceramente estou com muita vontade de já vestir a camiseta e fazer muitos gols.", projetou Cavenaghi.

O uruguaio Diego Aguirre também teve relativo sucesso como atacante do clube gaúcho no início da década de 90. Ele jogou no Inter entre 89 e 90 e participou do famoso Gre-Nal do século, em 1989, quando o Inter, com um jogador a menos, venceu o Grêmio de virada.

Um argentino já fez boa história no ataque do Inter, mas foi há muito tempo. José Villalba jogou em Porto Alegre na década de 40. O jogador conquistou 5 títulos gaúchos e foi protagonista na maior goleada já conseguida pelo Inter em um Gre-Nal: 7 a 0 em 1948, com 4 gols de Villalba.

Fernando Cavenaghi, de 27 anos, será mais um estrangeiro a jogar em Porto Alegre. O Inter espera a sua contribuição imediata. O clube estreia na Libertadores dia 16 de fevereiro contra o Emelec no Equador. Se tudo der certo, a tendência é que o argentino envergue a camisa 9 na competição.

Cavenaghi ficará um ano emprestado pelo Bordeaux. Caso o Inter queira o adquiri-lo em definitivo terá de desembolsar aproximadamente R$ 3 milhões e 400 mil.
 

Leia tudo sobre: InternacionalCavenaghiBordeauxMercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG