Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cavalieri reclama do gramado de Moça Bonita, local do jogo do Flu

Equipe foi derrotada por 3 a 1 para o Macaé no estádio e voltará a jogar lá neste final de semana

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Photocamera
Diego Cavalieri lamentou condições do gramado de Bangu
Os buracos, ondulações e 'morrinhos artilheiros' do gramado de Moça Bonita foram apontados por alguns jogadores e pelo diretor-executivo do Fluminense, Rodrigo Caetano, como um dos responsáveis pela derrota de 3 a 1 para o Macaé, no último sábado. E a definição de 'tapete' realmente passa muito longe do campo do estádio Bangu, que será palco de mais uma partida do time das Laranjeiras neste sábado, desta vez contra o Bonsucesso.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Por isso, o goleiro Diego Cavalieri lamentou a situação precária do gramado do estádio localizado na zona Oeste da cidade. Enquanto milhões são gastos na reforma de arenas para a disputa da Copa do Mundo de 2014, a realidade nos torneios estaduais chega perto do amadorismo, lamenta o camisa 1 do Fluminense.

Leia mais: Apesar de crer na vaga, Deco pede mais respeito aos adversários

"Realmente as condições lá são muito ruins. Nós estamos falando de Brasil, Copa do Mundo em 2014 e infelizmente ainda temos estes problemas aqui de gramados tão precários. Mas é ruim para nós e ruim para o adversário também, então não tem outro jeito, temos que tentar entrar em campo e fazer o melhor possível para vencer", disse Diego Cavalieri.

Veja mais: Em fase final de recuperação, Thiago Neves fica na academia

Entre os quatro grandes, apenas o Flamengo não atuou no campo do Bangu. Enquanto Vasco e Botafogo disputaram duas partidas no estádio, o Fluminense fará seu terceiro jogo neste final de semana. Motivo de preocupação também para o preparador físico da equipe, Cristiano Nunes, que tenta minimizar o risco de lesões musculares.

AE
Gramado de Moça Bonita causou reclamação dos jogadores do Fluminense

"Como o gramado não está adequado, isso predispõe a ter um cuidado maior para não perder nenhum jogador. Mas temos que estar preparados para enfrentar qualquer adversidade. Temos conversado para ir com força máxima para esse jogo em Bangu e corrermos atrás da classificação na Taça Rio", disse.

Veja também: Deco comemora fase sem lesões, mas pede mudança no calendário

O ponto positivo fica por conta da semana livre para treinamentos e recuperação de jogadores. Apenas entre a primeira e a segunda rodada da Taça Guanabara, o técnico Abel Braga teve uma semana completa de treinos sem partidas. Depois, o intervalo máximo de jogos havia sido de cinco dias.

"Vivemos uma semana importante de treinos. O técnico precisa desse tempo até para condicionar um pouco mais a equipe e os jogadores que não vem atuando com frequência. A rotina de repouso e jogo às vezes não permite isso. É hora de acertar os erros do time", declarou o goleiro Diego Cavalieri.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG