Sequência de três partidas em casa empolga tricolores, mas goleiro afima que o foco agora é o Santos

Em quinto lugar com 41 pontos, o Fluminense estaria classificado para a Libertadores se o Brasileirão terminasse hoje. Porém, os tricolores querem mais, e um bom desempenho na sequência de três jogos no Rio de Janeiro, contra Santos , Flamengo e Coritiba , pode colocar definitivamente o atual campeão na briga pelo bicampeonato. O otimismo em conquistar os nove pontos em disputa dentro de casa é enorme, mas Diego Cavalieri adota a cautela e prefere pensar jogo a jogo.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba notícias do time em tempo real

“Os primeiros três pontos são os mais importantes. Primeiro temos que vencer o jogo de sábado, contra o Santos, antes de pesarmos no Flamengo e no Coritiba. É claro que no futebol é preciso se planejar a longo prazo. Mas deixamos essa tarefa para a comissão técnica e para a diretoria. Nós jogadores temos que pensar jogo a jogo”, afirmou o goleiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Por isso, até sábado o pensamento de todos nas Laranjeiras está voltado apenas para o Santos. Além da qualidade do elenco campeão da Libertadores, o Fluminense terá de encarar um velho conhecido. Comandante do Tricolor no título brasileiro do ano passado, Muricy Ramalho reencontrará seu ex-clube pela segunda vez desde que pediu demissão em março.

Contratado a pedido do ex-técnico, Diego Cavalieri encara o encontro com Muricy como normal e não acredita que o treinador irá tirar tanto proveito assim de seu conhecimento sobre o elenco do Fluminense.

“Ele conhece bem todos os jogadores, mas já faz tempo que saiu. Temos o respeito e o carinho pela pessoa que ele é e gostamos dele. Ninguém guarda mágoa do Muricy. É claro que ele vai se aproveitar por ter comandado o Fluminense recentemente. Mas isso não preocupa. Muricy é passado”, afirmou o camisa 12.

Entre para a torcida virtual do Fluminense e comente sobre a opinião de Diego Cavalieri

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.