Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cauteloso, técnico não vê Duque como adversário dos grandes

"Estamos trabalhando, mas é complicado falar que estamos no mesmo nível deles", disse Arthur Bernardes

Gazeta |

O Duque de Caxias foi, na última temporada, o único clube carioca a disputar o Campeonato Brasileiro da Série B, fato que fez com que o clube se consolidasse como principal força do Rio de Janeiro depois dos quatro grandes clubes do estado (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco). Para o técnico Arthur Bernardes, no entanto, a diferença entre o Duque e os tradicionais clubes fluminenses ainda é enorme. 

"Nós temos condições, estamos trabalhando, mas é complicado falar que estamos no mesmo nível dos grandes. Temos alguns jogadores que ainda vão ser inscritos, mas a gente sabe da qualidade dos outros times. O Fred está em um grande momento no Fluminense, o Loco Abreu vem jogando bem no Botafogo, o Flamengo está montando um grande time e o Vasco está tentando se reerguer na competição", analisou Bernardes, em entrevista.

O Duque de Caxias já não tem chances de se classificar para as semifinais da Taça Guanabara, e o técnico Arthur Bernardes já começa a projetar a equipe para a Taça Rio. No segundo turno do Estadual, o Duque terá que tirar pontos dos grandes para almejar uma vaga para as semifinais. Até aqui, o clube enfrentou Botafogo e Fluminense, e acabou sofrendo duas derrotas (por 2 a 1 e 3 a 1, respectivamente).

"Temos um grupo experiente, que reúne alguns jogadores jovens e outros atletas experientes, que já passaram por clubes grandes como o Flamengo, o Botafogo e o Fluminense. Estamos se preparando muito, mas sabemos que a nossa obrigação de vencer é um pouco menor (em relação aos grandes)", concluiu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG