Acusado de racismo, volante do Barcelona podia perder a final da Champions, mas se safou de gancho da Uefa

O goleiro Iker Casillas , do Real Madrid , não ficou contente com a notícia de que o volante Sergio Busquets , do Barcelona , foi absolvido pela Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) pelos xingamentos racistas que teria proferido contra o lateral brasileiro Marcelo . Segundo o jogador, "todo mundo viu" o momento da atitude racista do jogador.

"Se a Uefa tomou a decisão [de absolver Busquets], eles sabem o que viram. Todo mundo viu, mas se a Uefa tomou a decisão, está tomada", afirmou o arqueiro, em um evento de um patrocinador, ao lado de David Villa , do rival catalão. Com a absolvição, Busquets poderá jogar a final da competição europeia, na qual o Barcelona pega o Manchester United , no próximo dia 28 de maio, no estádio Wembley (Londres).

O jogador voltou a falar sobre a intensidade dos quatro clássicos em 18 dias com o Barcelona, que acabou sendo decisivo para o Real na temporada, ficando fora da Liga dos Campeões e não tendo mais chances de conquistar o Campeonato Espanhol. Apesar das diversas brigas durante os jogos, ele não crê que isto vá atrapalhar a seleção espanhola.

"É normal [toda a intensidade]. Foram 18 dias com quatro clássicos e havia muita tensão, as duas equipes jogando por muita coisa e cada um tinha seu interesse. Mas tudo que aconteceu tem que ficar ali, no campo. Cada um olhou para seus interesses e quando estivermos na seleção da Espanha, vamos olhar para o interesse de todos os espanhóis", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.