Time está em crise na Série B e os torcedores chegaram a deixar tenso o ambiente de treinamentos

Líder por algumas rodadas no início da Série B, o fraco desempenho do ABC nas últimas semanas fez com que a torcida pressionasse os jogadores e deixasse tenso o ambiente de treinamentos. Nesta semana, o meia Cascata falou sobre o assunto.

Para ele, é natural que os abecedistas cobrem resultados e afirmou que isso também acontece entre os próprios jogadores. "Cobrança sempre tem que ter. Se nós, jogadores, não cobrarmos dos nossos companheiros, não adianta nada. Sempre conversamos antes das partidas para que o time possa render bem dentro de campo".

A arrancada inicial do ABC deu aos torcedores a expectativa de que o clube poderia almejar um lugar enter os quatro primeiros da tabela ao final da competição, conquistando a vaga para a tão sonhada Série A.

Do início de 2010 para cá, o momento do clube é dos melhores. No começo do ano passado, o time passou por um dos episódios mais delicados de sua história, por ter de se preparar para a disputa da Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro. O grupo montado não teve dificuldades e foi campeão do torneio, levantando a primeira taça nacional da história do ABC.

No mesmo ano, antes de iniciar sua caminhada rumo ao título da Série C, a equipe ganhou moral ao conquistar o Campeonato Potiguar, o que viria a acontecer novamente em 2011. Os recentes sucessos trouxeram esperança ao torcedor alvinegro, que se empolgou com as sete rodadas invictas nas primeiras rodadas da Série B.

Porém, com a queda de rendimento, a equipe conseguiu igualar o recorde, mas de forma inversa. A equipe completou, na última sexta-feira, ao empatar com a Ponte Preta, fora de casa, por 1 a 1, a sétima rodada sem vitória e amarga a 10ª posição da Segunda Divisão.

Para uma time que já liderou a competição, o G4 já não é mais uma realidade e volta a ser um sonho. O time está três pontos distante da zona de acesso. Com o equilíbrio e a atual má fase do ABC, que não consegue vencer, vale destacar que a zona de rebaixamento também não está tão longe: cinco pontos de distância.

Cascata, que esteve em campo em todos os jogos do ABC no campeonato, não vê outra maneira de trazer tranquilidade ao grupo a não ser trazer os três pontos de Americana, diante do time local.

"Agora, temos que ir para São Paulo com o pensamento de vencer o Americana e dar uma aliviada na situação do ABC dentro da competição", declarou o meio-campista.

O duelo acontece nesta sexta-feira, às 20h30, no Estádio Décio Vitta, e fecha o primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro 2011 para os dois times.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.