Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

CAS reduz quantia que Udinese receberá por De Sanctis

Clube italiano receberá apenas 1,7 dos 4 milhões previstos pela Fifa por saída do goleiro para o Sevilla em 2007

AE |

selo

A CAS (sigla em inglês para Corte Arbitral do Esporte) ordenou uma redução de 1,7 milhão de euros na indenização que o Sevilla e Morgan de Sanctis devem pagar à Udinese. O goleiro rompeu seu contrato com a o clube italiano em 2007. 

A ordem da CAS revoga decisão da Fifa que dizia que a Udinese deveria receber cerca de 4 milhões de euros por conta da saída do jogador. A entidade máxima do futebol mundial condenou De Sanctis e seu ex-clube espanhol a pagar 2.250.055 euros cada. 

De Sanctis passou oito anos na Udinese, tendo sido convocado para defender a seleção italiana quando estava no clube, e utilizou o artigo 17 do regulamento de transferências da Fifa para deixar o clube, encerrando seu contrato quando ainda faltavam três anos. 

A Fifa decidiu no ano passado sobre a reivindicação da Udinese, que foi alvo de apelo de todas as partes na CAS. De Sanctis agora joga no Napoli.

Leia tudo sobre: futebol mundialitáliaespanhade sanctis

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG