Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

CAS diz que Amos Adamu apelou de suspensão da Fifa

Nigeriano foi suspenso por três anos do futebol por suborno antes de votação para sedes da Copa 2018 e 2022

AE |

selo

Punido pela Fifa, o nigeriano Amos Adamu entrou com uma apelação na Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) para tentar revogar sua suspensão por três anos do futebol por suborno. A CAS confirmou nesta quinta-feira que o dirigente recorreu da pena pedindo a anulação do veredicto.

Em novembro, a comissão de ética da Fifa considerou Adamu culpado após ser flagrado por jornalistas disfarçados de lobistas pedindo dinheiro em troca de voto no processo de escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022. O nigeriano foi suspenso antes da votação de dezembro e perdeu sua vaga no Comitê Executivo da Fifa.

A CAS disse que outro dirigente, Ahongalu Fusimalohi, de Tonga, apelou de sua suspensão por dois anos por corrupção em um outro caso. O tribunal não definiu uma data para a audiência do caso de Adamu. Além disso, não revelou se o taitiano Reynald Temarii, envolvido em escândalo semelhante ao do nigeriano, apelou da suspensão por um ano.

Leia tudo sobre: CASfutebol mundialAmos Adamufifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG