Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

CAS confirma resultado do julgamento de Jóbson para setembro

Jogador do Bahia pode pegar até dois anos de suspensão por ter sido flagrado no doping por uso de cocaína em 2009

Gazeta |

AE
Jobson saberá o resultado de seu julgamento por doping em 2009 no dia 5 de setembro
Nesta terça-feira, os advogados do atacante Jóbson, do Bahia, receberam um comunicado oficial da Corte Arbitral do Esporte (CAS), confirmando que o resultado da análise da suspensão do jogador, em virtude do caso de doping ocorrido em 2009, já tem data marcada.

No dia cinco de setembro de 2011, os auditores da CAS divulgarão a decisão. A pena máxima é de dois anos, segundo o primeiro julgamento na justiça brasileira, enquanto a pena mínima é de seis meses, que já foram cumpridos preventivamente pelo atleta.

Depois de oito horas de depoimentos de testemunhas, inclusive do próprio atacante e de seus advogados, Jóbson saiu da Corte otimista quanto ao resultado da análise de sua suspensão e até setembro poderá continuar defendendo o time do Bahia, onde está desde maio.

Três juízes ouviram os argumentos da defesa do atacante e terão a opção de decidir pelos seis meses impostos pelo STJD e já cumpridos ou por uma suspensão por maior tempo, o que faz com que seu contrato por empréstimo junto ao Bahia seja rescindido e ele retorne ao Botafogo.

Entenda o 'Caso Jóbson'
Após a vitória do Botafogo por 2 a 0 sobre o Coritiba, no Campeonato Brasileiro de 2009, o jogador passou pelo exame antidoping, que acabou flagrando o uso de cocaína.

O exame foi refeito na partida do clube carioca diante do Palmeiras e, com a confirmação do resultado, o jogador acabou tendo sua negociação com o Cruzeiro, que era dada como certa, naufragada.

Quando foi julgado pelo STJD, em janeiro de 2010, Jóbson confessou ter consumido crack durante a competição, e não cocaína.

Punido por dois anos, o atacante logo teve a pena reduzida para seis meses, sendo liberado para estar em campo em julho de 2010, o que aconteceu em uma partida diante do Flamengo, pelo Brasileirão.

Em 2011, quando o problema parecia superado, a Wada (Agência Mundial Antidoping) solicitou a reabertura do processo contra o jogador, que já defendia as cores do Atlético-MG. O novo julgamento, na Corte Arbitral do Esporte, em Lausanne, na Suíça, foi realizado em junho, mas só terá o resultado divulgado no mês de setembro.

Leia tudo sobre: dopingjóbsonbahiabrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG