Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Carroll diz não sentir pressão por substituir Torres

Jovem atacante é o jogador britânico mais caro da história: ele custou cerca de R$ 93,5 milhões aos cofres do Liverpool

EFE |

Contratado pelo Liverpool na última segunda-feira, o atacante inglês Andy Carroll afirmou nesta quinta-feira que não se sente pressionado por ter a missão de substituir o espanhol Fernando Torres, que defendia o clube desde julho de 2007 e se transferiu para o Chelsea.

"Torres é um grande jogador, mas preciso me concentrar no meu próprio estilo e jogar da maneira que sei", disse Carroll durante sua apresentação oficial no clube.

Carroll, que foi convocado para a seleção inglesa em novembro do ano passado, se tornou nesta semana, aos 22 anos, o jogador britânico mais caro da história, ao ter sido contratado pelo Liverpool junto ao Newcastle por 41 milhões de euros (R$ 93,5 milhões).

"Foi muito dinheiro, mas tenho que fazer o que tenho que fazer para demonstrar que esse dinheiro valeu a pena", considerou o jogador, que foi apresentado junto à outra novidade da equipe, o uruguaio Luis Suárez.

Por sua vez, o técnico do Liverpool, Kenny Dalglish, também discursou durante a entrevista coletiva e disse estar empolgado pela chegada dos dois atacantes.

"Não há nenhuma razão para ser pessimista com a contratação de Andy Carroll pelo Liverpool. É uma grande contratação para nós, assim como a de Luis (Suárez)", disse o técnico, que se comprometeu a trabalhar duro para ter o jogador inglês "em plena forma".

Leia tudo sobre: Futebol MundialInglaterraLiverpoolFernando Torres

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG