Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Carpegiani rejeita papel de coadjuvante contra o Fluminense

Temos que ser os artistas, juntamente com o Fluminense, disse o técnico do time paulista

Gazeta Esportiva |

Desfalcado e com chances remotas de garantir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o São Paulo se prepara para enfrentar o Fluminense, um dos principais candidatos ao título do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, o técnico Paulo César Carpegiani não quer ficar em segundo plano.

"Não podemos ser coadjuvantes, temos que ser os artistas, juntamente com o Fluminense", disse o técnico após o treinamento realizado na manhã desta sexta-feira. "Independente da situação em que estamos, não podemos entrar para fazer um papel secundário", acrescentou.

Acostumado a ser protagonista ao longo das últimas temporadas, o São Paulo, campeão entre 2006 e 2008, ocupa a nona colocação a três rodadas do final do torneio nacional e está a cinco pontos do Atlético-PR, último membro do G-4. Apesar da situação pouco animadora, Carpegiani descarta ver os adversários mais motivados que seus jogadores.

"Eu gostaria que não fosse assim e não pode ser assim. O espírito de luta tem que ser, pelo menos, igual. Eu estou preparando a equipe desta forma e, se acontecer algo diferente disso, não vou entender", afirmou o técnico, que sentiu o time com falta de ambição no empate por 1 a 1 contra o Vasco na última rodada.

Com 63 pontos ganhos, o Corinthians lidera o Campeonato Brasileiro de forma isolada. O Fluminense, com um ponto a menos, ocupa o segundo lugar. Diante da possibilidade de atrapalhar o rival, alguns torcedores pedem para o São Paulo simplesmente entregar o jogo, possibilidade descartada por Carpegiani.

"Temos que nos impor para buscar a vitória. O Fluminense também tem essa ideia e por isso espero um grande jogo. Quando o profissional entra em campo, é para fazer o seu melhor e tentar buscar o resultado. Temos a obrigação de tentar ganhar", afirmou o comandante.

Apesar de procurar tratar a partida de maneira natural, Carpegiani reconhece que a atenção dispensada pela mídia e a situação do Fluminense na tabela tornam o confronto diferente. "É especial pelo foco de vocês (imprensa) e do público. Para nós, será um grande jogo, contra um dos aspirantes ao título", afirmou.

Sem os atacantes Ricardo Oliveira, Dagoberto e Fernandinho, Carpegiani ainda perdeu o volante Rodrigo Souto. Assim, ele deve enfrentar o Fluminense às 17 horas (de Brasília) deste domingo, na Arena Barueri, com: Rogério Ceni; Jean, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Casemiro (Jorge Wagner), Cléber Santana, Lucas e Carlinhos Paraíba; Fernandão e Lucas.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensesão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG